Tamanho do texto

O técnico da seleção brasileira minimizou a expulsão do atacante santista na partida contra o Grêmio, disputada no último domingo

No último domingo, Muricy Ramalho disparou contra a arbitragem e disse que Neymar deveria deixar o futebol brasileiro. Indagado sobre o assunto, Mano Menezes não concordou com o companheiro de profissão. Para o técnico da seleção brasileira, a expulsão de Neymar contra o Grêmio faz parte do jogo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Não acredito em predisposição para perseguir o Neymar. Já aconteceu com outros jogadores. Você vai aprendendo a conviver com situações diferentes. O jogo de futebol é assim, às vezes a marcação é mais dura, às vezes a provocação é maior”, opinou.

Leia mais:  Mano admite bom momento de Cavalieri e elogia postura do goleiro

No empate contra o Grêmio, disputado em Porto Alegre, Neymar levou o cartão vermelho após pisar no lateral-direito Pará. Antes, o atacante foi advertido com o cartão amarelo por reclamação. “São circunstâncias com as quais você precisa saber conviver. Não temos de supervalorizar isso”, acrescentou Mano.

Vale ressaltar que o técnico da seleção brasileira já disse que Neymar deveria trocar o Santos por algum grande clube da Europa. No entanto, ele não levou a questão da arbitragem em consideração.

Veja também:  Thiago Neves e Arouca treinam no time titular da seleção brasileira

“Quando falei sobre o Neymar jogar fora do país, eu estava me referindo sobre questões táticas, sobre as diferenças de padrão de jogo (entre Brasil e Europa). Não estava falando sobre a questão comportamental”, explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas