Tamanho do texto

Ponte Preta perdeu invencibilidade de oito jogos no Campeonato Brasileiro na última rodada e busca recuperação no Paraná

Após perder invencibilidade de oito jogos no Campeonato Brasileiro , a Ponte Preta volta a campo nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), quando enfrenta o Coritiba, no estádio Couto Pereira. Em busca de o time de Campinas voltar a pontuar na competição nacional, o atacante Luan destacou a dificuldade do embate com a equipe paranaense, mas mostrou confiança em conquistar um bom resultado.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Coritiba é uma equipe fortíssima lá dentro. Ganhamos o jogo aqui, mas já passou. Agora é pensar nessa partida, esquecer esse revés contra o Palmeiras e estar bem focado para sair com o resultado de lá. Será difícil. Precisamos somar pontos e tenho certeza que vamos fazer um grande jogo e sair com o resultado positivo", disse.

Vice-artilheiro do Campeonato Paulista da segunda divisão nesta temporada, com 13 gols, Luan foi contratado pela Ponte Preta junto ao Atlético de Sorocaba em maio. Desde sua chegada ao time alvinegro, o camisa 99 não marcou nenhum gol. Apesar do jejum, o atleta afirmou que não se sente pressionado.

"A cobrança está dentro de cada um. Eu me cobro todo dia, nunca fiquei em um jejum tão grande de gols. Precisamos passar tranquilidade para os companheiros porque estamos unidos, juntos nessa batalha. Vivemos de gol, não estão saindo, mas quando sair não vai parar mais. A fórmula para fazer gols é treinar bastante e quando tiver oportunidade fazer. O treinador está dando força, passando tranquilidade e quando tivermos chances não desperdiçá-las", encerrou.

Atualmente, a Ponte Preta é a 14ª colocada na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos. O Sport, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento, soma 27 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.