Tamanho do texto

Diretor de futebol do Flamengo ouviu explicações do atacante após falta no treino do último sábado. Pagamento de direito de imagem foi suspenso

Zinho disse que Adriano está em dúvida se continua com a carreira de jogador
Vipcomm
Zinho disse que Adriano está em dúvida se continua com a carreira de jogador

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, afirmou que é incerto o futuro de Adriano. Após conversa com o atacante nesta segunda-feira, o dirigente afirmou que o atleta está com problemas pessoais e não sabe se seguirá sua carreira.

“Tive uma conversa para ouvir as explicações pela falta no treino de sábado pela manhã. Ele diz que está confuso, perturbado, em dúvida se continua a carreira devido a problemas particulares. Esses medos, essas dúvidas, fazem com que ele tome as atitudes de abusar fora de campo e não vir ao treinamento”, afirmou Zinho em entrevista coletiva.

Acredita que Adriano ainda pode se recuperar? Deixe seu comentário

Adriano cometeu sua terceira infração desde que assinou com o Flamengo, o que permite ao clube rescindir o contrato a qualquer momento sem ter de pagar indenização ao jogador.

“Conversei com ele e passei a posição do clube. O Adriano assinou a terceira advertência dele, mas eu, em decisão minha, quero acreditar que ele possa se recuperar”, disse o diretor flamenguista.

Além da ausência do último sábado, Adriano protagonizou outros dois casos de indisciplina no clube da Gávea. Em um deles, foi flagrado na Vila Cruzeiro no horário de um treino e se envolveu em um acidente de trânsito.

Apesar de apostar na recuperação do atacante, Zinho revelou estar no seu limite: “Percebi nos olhos dele que ele não tinha uma resposta. Eu não quero desistir do cara. Mas a situação chegou no limite. De coração, espero que ele abrace as condições que estamos impondo e venha. É um cara jovem ainda. Não quero que ele acabe pro futebol. Tenho até medo do que pode acontecer com ele se parar de jogar".

“Estabeleci duas coisas para aceitar uma nova desculpa: suspendemos o pagamento de direito de imagem e definimos que ele terá um profissional cuidando da parte emocional dele. Se ele repetir, não tem mais nada que eu possa fazer”, completou o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas