Tamanho do texto

Recém-contratado pelo Flamengo, Cléber Santana também apontou a obediência tática como o segredo para a vitória

A vitória desta quarta-feira diante do vice-líder Atlético-MG, em partida adiada da 14ª rodada, deu a Flamengo uma folga em relação à zona de rebaixamento. Segundo os jogadores do Flamengo, o elenco mereceu a vitória pela união que demonstrou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O mérito é do grupo, que fez uma partida sensacional com união, garra, força de vontade. Jogamos como uma família", comentou Liédson, autor do segundo gol da equipe.

Recém chegado à Gávea, Cléber Santana já é o dono da vaga na armação do time. Muito ativo no primeiro tempo e com uma bola na trave no segundo, o atacante apontou a obediência tática como o segredo para a vitória. "Tem que parabenizar o grupo pela dedicação. Fizemos o que o professor Dorival pediu", disse o meia.

Leia mais:  Fla bate o Atlético-MG com Engenhão lotado e vaias a Ronaldinho

A respeito do reecontro com Ronaldinho Gaúcho, que ficou em campo para cumprimentar os ex-companheiros na corrente formada no círculo central, Vágner Love mostrou não guardar mágoas e querer o melhor para o meia. Love havia incitado a torcida a vaiar o jogador que trocou o Flamengo pelo Atlético-MG.

"Só cumprimentei ele e desejei boa sorte nessa caminhada dentro do futebol", comentou o atacante, que desencantou nesta noite e abriu o placar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.