Tamanho do texto

As funções do ex-comandante do Palmeiras ainda não foram esclarecidas, mas a sua missão será de democratizar a prática esportiva no país

Após ser demitido do Palmeiras, Felipão já tem novo cargo. Em reunião realizada com o palmeirense Aldo Rebelo na sede do Ministério do Esporte, em Brasília, o técnico Luiz Felipe Scolari assumiu o cargo de consultor voluntário de futebol e do programa Segundo Tempo.

Felipão fez bem em aceitar o cargo no Ministério do Esporte? Opine! 

Após ser demitido do Palmeiras, Felipão é o novo consultor do Ministério do Esporte
Gazeta Press
Após ser demitido do Palmeiras, Felipão é o novo consultor do Ministério do Esporte

As funções de Felipão no Ministério ainda não foram esclarecidas pela Secretaria Executiva da entidade, mas o contrato já é válido. Na organização do programa Segundo Tempo, o treinador de 63 anos, terá a missão de auxiliar na democratização da prática esportiva educacional.

Leia mais:  Novos estádios acirram briga dos clubes por patrocínios

Felipão estava desempregado há 12 dias, quando foi dispensado pela diretoria do Palmeiras após dois anos de trabalho e a conquista do título da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, o treinador não conseguiu comandar a reação da equipe e deixou o cargo ocupando a vice-lanterna. Como treinador, além da Seleção Brasileira, já comandou Portugal na Copa do Mundo de 2006, além de ter levado o Grêmio e o próprio Verdão a inéditas conquistas de Libertadores.

O pentacampeonato mundial conquistado em 2002 foi a grande marca da carreira de Scolari e ainda é lembrado. Na última quarta-feira, em Goiânia, a Seleção Brasileira jogava contra a Argentina pelo Superclássico das Américas quando os gritos de ‘Adeus Mano’, em referência à insatisfação com o trabalho de Mano Menezes, foram entremeados por ‘Volta Felipão’ em função da saída do comandante do Palmeiras.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.