Tamanho do texto

Seedorf foi o destaque partida da partida, marcando dois gols, mas o Botafogo perdeu a chance de aproximar do G4. Guerrero e Douglas marcaram para o Corinthians


Depois de quinze minutos para lá de emocionantes, Botafogo e Corinthians empataram em 2 a 2, neste domingo, no Engenhão. Seedorf foi o nome do jogo, marcando os dois para os cariocas. Guerrero e Douglas fizeram para o time paulista. 

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Seedorf abre o placar para o Botafogo logo no início de partida
Futura Press
Seedorf abre o placar para o Botafogo logo no início de partida

O resultado foi ruim para o Botafogo, que continua em 6º, vai à 40 pontos e perde a chance de se aproximar do G4 do Brasileiro. Já o Corinthians, mais preocupado com o Mundial de Clubes em dezembro, é o oitavo, com 36.

Leia mais:  Com gol de Osvaldo, São Paulo vence Cruzeiro e se aproxima do G4

O holandês Seedorf foi o destaque da partida. O meia abriu o placar logo aos 5 minutos, mas Guerrero e Douglas viraram para o Corinthians antes dos 15 da primeira etapa. Seedorf fez belo gol no 2º tempo e empatou o jogo para os cariocas.

As duas equipes descansam durante a semana e retornam a campo no domingo. O Corinthians recebe o Sport, no Pacaembu, já o Botafogo vai a Salvador encarar o Bahia.

O jogo
O Corinthians resolveu apostar em um eficiente toque de bola nas investidas iniciais. No primeiro minuto do confronto, já criou uma chance que deixou o Engenhão apreensivo: a cabeçada de Martínez deu trabalho ao goleiro Jefferson.

Mas logo o Botafogo assumiu a iniciativa do jogo e passou a atuar com velocidade pelas pontas. Aos cinco minutos, Gabriel se infiltrou na área pela esquerda e cruzou pelo alto para o segundo pau. Seedorf chutou, a bola desviou em Alessandro e venceu Cássio: 1 a 0.

Confira ainda:  Flamengo vence Atlético-GO, encerra jejum e se afasta da zona de rebaixamento

Guerrero comemora primeiro gol com a camisa do Corinthians
Futura Press
Guerrero comemora primeiro gol com a camisa do Corinthians

A resposta do Corinthians foi imediata com o gol do empate e não deu chances para o Botafogo ficar com o domínio total em campo. Tudo começou com a cobrança de falta de Douglas. Na primeira finalização, Jefferson barrou o chute de Paulinho. Na sobra, Guerrero cabeceou para as redes e acabou com o jejum no Timão em sete apresentações.

Em um jogo empolgante, o Corinthians conseguiu a virada aos 12 minutos. Em posição que gerou reclamações por impedimento, Martínez foi derrubado por Lucas dentro da área quando ia se aproveitar da sobra de Jefferson. O árbitro observou apenas o pênalti, convertido com extrema precisão por Douglas no canto esquerdo da meta dos donos da casa.

A partir daí, o ritmo da partida naturalmente caiu. Aos 29 minutos, o Botafogo chegou a balançar as redes com Dória, mas árbitro marcou impedimento e frustrou os donos da casa. Até o intervalo, os torcedores cariocas tiveram mais motivos para reclamar do que para ter esperanças de empate.

Partida morna: As duas equipes iniciaram o segundo tempo insistindo em cruzamentos para área. Os goleiros Jefferson e Cássio demonstravam, contudo, segurança para barrar as investidas pelas pontas. O jogo não tinha, nem de perto, o ritmo do começo da etapa inicial.

E, quando conseguia criar jogadas com toques, o Botafogo exagerava no preciosismo para a conclusão das jogadas. Aos 22 minutos, Elkeson demorou demais para arrematar na entrada da área e levou a torcida ao desespero.

Os dois técnicos trabalharam para aumentar o ritmo das equipes. No Botafogo, o meia Lodeiro entrou na vaga do lateral esquerdo Márcio Azevedo. No Corinthians, Jorge Henrique substituiu o desgastado Martínez.

Dois minutos depois, o Botafogo alcançou empate com a estrela de Seedorf. O holandês ignorou seus 36 anos, arrancou pela esquerda, invadiu a área e chutou. A bola desviou em Wallace e superou Cássio.

No fim, o Botafogo partiu para o risco total com a presença de Rafael Marques no lugar de Jadson. Aos 45 minutos, o zagueiro Dória teve a oportunidade da virada e, mesmo livre na área, cabeceou por cima da meta de Cássio. Final: 2 a 2.

FICHA TÉCNICA BOTAFOGO 2 X 2 CORINTHIANS

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de setembro de 2012, domingo
Hora: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Cartões amarelos: Lucas (Botafogo); Douglas, Ralf e Jorge Henrique (Corinthians)
Gols:
BOTAFOGO: Seedorf, aos cinco minutos do primeiro tempo e aos 30 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Guerrero, aos oito, Douglas, aos 12 minutos do primeiro tempo.

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo (Lodeiro); Gabriel, Jadson (Rafael Marques), Seedorf, Andrezinho e Fellype Gabriel; Elkeson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

CORINTHIANS: Cássio: Edenilson, Wallace, Paulo André e Alessandro; Ralf, Paulinho e Douglas (Guilherme); Romarinho, Guerrero (Guilherme Andrade) e Martínez (Jorge Henrique)
Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.