Tamanho do texto

Com 50 pontos na competição, equipe baiana tem quatro de vantagem para o vice-líder Criciúma

O Boa Esporte terá um compromisso complicado nesta terça-feira, encarando o Vitória, líder da Série B do Brasileiro. O duelo entre mineiros e baianos acontece às 19h30 (de Brasília), no Barradão, e enquanto a equipe boveta curte o triunfo contra o ASA, os adversários vêm de um empate contra o Ipatinga, e querem evitar a aproximação dos concorrentes.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Vitória e Ipatinga ficaram no empate e os baianos seguem na ponta
Futura Press
Vitória e Ipatinga ficaram no empate e os baianos seguem na ponta

Mesmo atuando fora de casa, o atacante Vanger espera um bom resultado do Boa Esporte. O jogador garante que tem consciência das dificuldades da partida e, por isso, não descarta um empate jogando no Barradão, em Salvador. O atleta destaca que somar pontos é importante para que a equipe posse se livrar do risco de queda na Série B.

"Com certeza vamos encontrar problemas na partida, mas o Boa Esporte provou que tem qualidades e pode fazer um bom jogo, mesmo jogando na casa deles. Claro que se tratando de enfrentar o líder, a possibilidade de um empate não pode ser descartada, mas o nosso objetivo e somar pontos, a gente sabe da importância de se livrar o rebaixamento o mais rápido possível", declarou.

Confira a classificação atualizada da Série B

O técnico Sidney Moraes terá um importante desfalque para a partida desta terça-feira. Trata-se do avante Marcelo Macedo, que anotou dois gols na vitória contra ASA, mas acabou sendo advertido com cartão vermelho e terá que cumprir suspensão ante os baianos. O comandante boveta ainda não definiu quem será o substituto.

Em quatro partidas pelo segundo turno da Série B, o Vitória conquistou um triunfo e três empates, seis pontos de 12 disputados. A campanha não agrada o técnico Paulo César Carpegiani, que permanece quatro pontos na frente do segundo colocado, mas o treinador frisa que não quer queimar a gordura acumulada na competição.

"Não gosto de queimar gordura. Prefiro acumular. Temos que trabalhar para corrigir aquilo que acho que está errado para terminar o campeonato bem. Não podemos vacilar. A Série B é muito perigosa", disse Carpegiani, que considera o triunfo contra o Boa Esporte como obrigação, pelo fato do Rubro-negro atuar em casa.

"Outro jogo difícil. O time deles é muito rápido. Verdade que estão no meio da tabela, mas prefiro jogar um clássico do que pegar partidas assim. Tudo fica muito perigoso. Mas temos que entrar em campo e nossa obrigação dentro de casa é ganhar", afirmou.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X BOA ESPORTE

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 11 de setembro de 2012 (terça-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Lúcio da Silva de Mattos (PA) e Ailton Farias de Silva (SE)

VITÓRIA: Deola; Nino Paraíba, Rodrigo Costa, Gabriel Paulista e Gílson; Michel, Uellinton, Pedro Ken e Tartá; Elton e Willian
Técnico: Paulo César Carpegiani

BOA ESPORTE: Gabriel Leite, Neílson, Gabriel, Carciano e Radar; Everton, Radamés, Francismar e Petros; Jajá (Vinicius Kiss) e Vanger
Técnico: Sidney Moraes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.