Tamanho do texto

Técnico teria ofendido atletas ao fim da partida em que sua equipe saiu derrotada por 3 a 0

Assim que se encerrou a partida entre Coritiba e Flamengo no Couto Pereira e os dois times se dirigiram para os vestiários, um boato se instalou no estádio e ele dava conta que o técnico Dorival Júnior havia ofendido os jogadores do Flamengo após a derrota por 3 a 0 . Ao chegar para a coletiva de imprensa  o treinador pediu a palavra para negar tal informação.

"Nunca xinguei ninguém na minha vida, não vou xingar profissional de futebol. Isso aí é alguém que quer levantar uma situação que não existe. Não tem nem o que falar. Deixa para lá", defendeu-se, antes de ser abordado novamente sobre o tema.

"Acho que você (jornalista) não me conhece. Sou treinador de futebol há dez anos e nunca proferi uma palavra contra um atleta qualquer. Quem falou uma coisa dessa é mentiroso e sem vergonha, só isso", reforçou, irritado.

Leia também:  Felipe diz que Flamengo precisa de "atitude de homem" para reagir

Mesmo orientados a não conceder entrevista no caminho do vestiário até o ônibus, os jogadores do Flamengo informalmente também negaram que tivesse havido algum ocorrido com Dorival depois da partida, a quinta consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro.

Com o tropeço, a equipe carioca pode encerrar a rodada apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento  do Brasileirão. No momento, a diferença para o Palmeiras, primeiro time da faixa de descenso e que vai a campo somente no domingo, é de sete pontos.

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.