Tamanho do texto

Gremistas viram com bons olhos empate conquistado fora de casa com um jogador a menos durante a maior parte do jogo

Kleber foi expulso ainda no início da partida
Futura Press
Kleber foi expulso ainda no início da partida

O ponto conquistado no Pacaembu, neste sábado, foi muito comemorado pelos jogadores do Grêmio. Assim que o árbitro Sandro Meira Ricci apitou o fim da partida, os atletas gremistas comemoraram como se a equipe tivesse vencido. A expulsão de Kléber logo aos 15 minutos do primeiro tempo tornou o jogo dramático para a equipe gaúcha, que ainda assim conseguiu segurar o empate contra o Palmeiras .

O Palmeiras poderia ter se aproveitado da superioridade numérica? Deixe seu comentário!

"Não tem como ser diferente. Este é um ponto que precisa ser comemorado. Jogamos com um a menos e ainda conseguimos resistir, está todo mundo de parabéns", afirmou o goleiro Marcelo Grohe, que, apesar da pressão palmeirense, não foi tão exigido como em outras partidas.

Leia também:  Mesmo com um a mais desde o 1º tempo, Palmeiras fica no 0 a 0 com o Grêmio

O volante Souza ressaltou o espírito de luta da equipe gremista e evitou reclamar da arbitragem: "Foi um jogo difícil. Atuamos com um a menos por mais de uma hora, em um campo grande. Hoje (sábado), o ponto foi heroico, e temos que parabenizar a equipe. Não adianta reclamar do árbitro, senão podemos ser suspensos. Ficamos impossibilitados de lutar pela vitória hoje, mas conseguimos manter a regularidade e estamos crescendo cada vez mais".

Zé Roberto, um dos melhores em campo, exaltou a luta do Grêmio, comemorou o empate do Fluminense contra o Figueirense e acredita em um tropeço do líder Atlético-MG neste domingo: "Com certeza, o empate teve sabor de vitória. Com o empate do Flu, ficou melhor ainda. E acredito em vitória do Corinthians amanhã (domingo)", afirmou o meia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.