Tamanho do texto

Técnico reclamou da expulsão do zagueiro Valdomiro ainda no primeiro tempo. Alvo no lance, vascaíno Dedé disse que recebeu dois socos

Após lance polêmico neste sábado, quando a Portuguesa perdeu para o Vasco em São Januário, o técnico Geninho perdeu a paciência com o árbitro Heber Roberto Lopes e o elegeu como um dos culpados pelo resultado negativo. O treinador do clube paulista afirmou que não foi a primeira vez que o juiz errou contra a Portuguesa e, sob essa justificativa, não quer vê-lo intermediando mais as partidas do seu time.

Veja fotos dos jogos deste sábado:

Qual é a sua opinião sobre o árbitro Heber Roberto Lopes? Deixe o seu comentário

A gota d´água para Geninho foi a expulsão do zagueiro Valdomiro depois de suposta agressão contra o zagueiro Dedé, destaque da equipe carioca, ainda no primeiro tempo.

Leia mais: Vasco encerra jejum de vitórias e estraga bom momento da Portuguesa

Arbitragem de Heber gerou revoltas do técnico Geninho
Gazeta Press
Arbitragem de Heber gerou revoltas do técnico Geninho

"Qualquer erro, por menor que seja, vai tomar uma dimensão muito grande se for com o Heber e a Portuguesa. Ele está dando muito azar conosco. Por isso, não devem colocá-lo mais para apitar nossos jogos", protestou Geninho, tentando conter a sua irritação para não enfrentar processo no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). "Nunca falo que existe maldade ou intenção de errar. Quem sou eu para dizer isso?", amenizou.

Veje ainda: Dedé contém euforia após vitória do Vasco sobre a Lusa

Heber conta com o apoio de um jogador do Vasco em sua defesa: o próprio Dedé. Valdomiro recebeu o cartão vermelho (sem ter visto o amarelo anteriormente) em uma disputa de bola no alto com o zagueiro vascaíno. "Eu já tinha ganhado o lance. Ele estava sem tempo de bola e me deu dois socos. Foi o que eu senti. Um foi na maldade. Não precisa fazer isso. Eu não tinha feito nada contra ele", reclamou o jogador vascaíno. "Mas não desejo nada de mal para o Valdomiro", ressalvou.

Confira ainda: Veja fotos dos jogos deste sábado pelo Brasileirão

Geninho, no entanto, não concordou com Dedé e aproveitou, durante a entrevista coletiva pós-jogo, para reclamar de outros lances. "Pelo que me falaram, houve falta na jogada do primeiro gol do Vasco. A televisão também mostrou que não teve cotovelado do Valdomiro no Dedé. Ainda aconteceu um pênalti no final do jogo no Bruno Mineiro. Se isso não é prejudicar...", chiou o treinador, voltando a pedir que Heber Roberto Lopes não seja mais escalado para trabalhar em partidas da Portuguesa.

*com Gazeta

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.