Tamanho do texto

Apesar da vitória, time paulista segue na lanterna da Segundona e, neste sábado, terá de 'secar' os rivais

Comandado pelo veterano Marcelinho Paraíba, o Grêmio Barueri recebeu o ASA na Arena Barueri para tentar respirar na Série B do Campeonato Brasileiro . Contra um adversário direto na briga contra o rebaixamento, o time da Grande São Paulo partiu para o ataque e venceu os alagoanos por 1 a 0.

Confira a classificação atualizada da Série B

O gol dos anfitriões foi anotado pelo meia-atacante Marcelinho, revelado pelo Corinthians, mas o grande destaque da partida foi Marcelinho Paraíba. Com a camisa 10, o experiente jogador incomodou o goleiro Gilson em chutes de fora da área e em cobranças de falta venenosas.

O experiente Marcelinho Paraíba, do Barueri, em ação contra o ASA
Futura Press
O experiente Marcelinho Paraíba, do Barueri, em ação contra o ASA


Na 22ª rodada da competição nacional, as duas equipes entram em campo às 21h50 (de Brasília) da próxima terça-feira. Os paulistas viajam para Natal, onde encaram o também ameaçado ABC no Frasqueirão. Já o time de Arapiraca recebe o Ipatinga no Coaracy da Mata Fonseca.

O jogo

Com menos de dez minutos de jogo, o Barueri já havia assustado o goleiro Gilson no mínimo quatro vezes, primeiro com Marcelinho Paraíba, e depois com o atacante Rafael Chorão. Apesar da boa partida da equipe, o técnico Evandro Guimarães foi obrigado a sacar o lesionado Henrique Dias e promover a entrada de Marcelinho.

A dupla de xarás se entrosou rapidamente e seguiu incomodando a meta alagoana. Com mais posse de bola, o ASA apostava nos passes de Didira para o artilheiro Lúcio Maranhão, mas o goleiro Fernando Leal estava inspirado e evitou o gol dos visitantes em diversas oportunidades.

Aos 42 minutos, porém, o time da casa fez explodir a pequena torcida presente na Arena Barueri. O lateral esquerdo Alex Santos fez a jogada e bateu travado para dentro da grande área. Marcelinho estava ligado no lance e mostrou oportunismo para bater forte e abrir o placar.

O cenário da segunda etapa foi o mesmo, com Marcelinho Paraíba regendo os paulistas e levando perigo nas bolas paradas, e com Lúcio Maranhão criando as melhores chances do ASA. O centroavante recebeu cruzamento do conterrâneo Rogério e testou firme no travessão de Fernando Leal.

O duelo ficou aberto e Paraíba perdeu grande oportunidade ao driblar o goleiro Gilson e ser travado pela marcação. O meia voltou a aparecer com passe açucarado para Rafael Chorão invadir a área e e obrigar o goleiro do time de Arapiraca a fazer boa intervenção.

Para segurar o resultado, Guimarães tirou o exausto Marcelinho Paraíba e reforçou a marcação com Diego Silva. De outro lado, Nedo Xavier mandou o time para o ataque ao trocar o zagueiro Edson Veneno pelo atacante Roberto Jacaré. O Grêmio Barueri se arriscava ao prender a bola no campo de defesa, mas o Fantasma das Alagoas não conseguiu buscar o empate.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.