Tamanho do texto

Atacante corintiano foi campeão brasileiro em 2010 e aposta que deixou boas lembranças

Emerson comemora o gol do Corinthians no Engenhão
Gazeta Press
Emerson comemora o gol do Corinthians no Engenhão

A torcida do Fluminense ainda não perdoou a forma como o corintiano Emerson deixou o clube em 2011. Acusado de ter cantado uma música do Flamengo enquanto dentro do ônibus da equipe, "Sheik" foi vaiado nesta quarta-feira no Engenhão depois de ter feito o gol do Corinthians no empate por 1 a 1 contra o Flu pelo Campeonato Brasileiro . Ele encarou a manifestação de forma positiva.

Fluminense busca empate contra o Corinthians, mas perde chance de liderar

"Isso é amor, e não ódio. Ainda bem que há esse tipo de manifestação. Não sei se conseguem entender, mas soa de maneira positiva para mim, pois vejo como carinho e respeito, porque mostra que não fui só mais um jogador que passou pelo Fluminense, deixei lembranças, que foram boas", afirmou, ainda no intervalo do confronto.

"Não tem nada de especial, de verdade, tenho o maior carinho pelos jogadores e torcedores. Fiquei chateado lá atrás, mas hoje não tem nada. Só existe admiração por ter vestido esta camisa um dia. Não foi legal a maneira que saí, mas são coisas que acontecem na vida. É preciso ter sabedoria para passar por cima e guardar as boas lembranças", completou.

Veja fotos das partidas desta quarta-feira pelo Campeonato Brasileiro

O jogador foi afastado pela diretoria no ano passado e, posteriormente, acabou deixando o Fluminense. Em seguida, o atacante se transferiu para o Corinthians. Nesta quarta, Emerson não conseguiu garantir a vitória, pois o clube carioca empatou o duelo, com gol de Fred.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.