Tamanho do texto

Após empate no clássico, time mineiro tenta retomar caça aos times do G-4

Ainda convivendo com desfalques, o Cruzeiro abre a sua participação no returno do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando mede forças com o Atlético-GO  no estádio Serra Dourada. Após o empate por 2 a 2 no clássico mineiro, a equipe comandada por Celso Roth busca o equilíbrio para voltar a brigar por vaga no G-4. Atualmente, o time ocupa a oitava colocação da competição nacional, com 28 pontos, sete atrás do Vasco, que fecha a zona de classificação para a Libertadores de 2013.

Cruzeiro tenta se aproximar do G-4 e Atlético-GO foge da degola. Veja a classificação

Diferentemente do jogo do turno, quando apenas empatou com os goianos, o Cruzeiro quer voltar para a casa com os três pontos na bagagem. O técnico Celso Roth, porém, tem problemas para escalar a equipe. O atacante Fabinho sofreu uma lesão no ligamento cruzado posterior do joelho esquerdo e fica fora de combate por tempo indeterminado.

Borges volta a sentir o tornozelo e é dúvida do Cruzeiro contra o Atlético-GO

Além de Fabinho, o comandante cruzeirense tem outros problemas de ordem médica para enfrentar o Atlético-GO. O volante e lateral Everton sente dores na coxa esquerda, mas está confirmado na equipe. Outros problemas são: o lateral-direito Ceará, que tem uma entorse no tornozelo direito, o zagueiro Victorino, que sofreu uma pancada na costela durante um treinamento na Toca da Raposa e Willian Magrão, que está com dores na panturrilha esquerda e será desfalque diante do time goiano.

Relembre a história do Brasileirão, de 1971 a 2011, no infográfico do iG

Atacante Borges é um dos possíveis desfalques do Cruzeiro
Vipcomm
Atacante Borges é um dos possíveis desfalques do Cruzeiro

Além das lesões, o Cruzeiro já perdeu o zagueiro Mateus e o volante Leandro Guerreiro, que cumprirão suspensão. Em compensação, o volante Charles, que ficou fora do time por duas partidas por motivo de suspensão, está liberado para atuar, assim como o meia Souza e o atacante Wellington Paulista.

No Atlético-GO, a palavra de ordem é recuperação. O time goiano ficou várias rodadas na lanterna do Brasileiro, mas vem esboçando reação e quer vencer o Cruzeiro para tentar deixar a zona de rebaixamento já na abertura do returno. Para isso, além dos três pontos, será necessária uma combinação de resultados.

Atacante do Cruzeiro sofre ruptura no joelho, mas não terá que ser operado

Com 16 pontos, o clube de Goiás tem a mesma pontuação do Palmeiras, mas está atrás por conta dos critérios de desempate. A possibilidade de sair da zona de rebaixamento depende de um tropeço, ou do time paulista, ou do Bahia, no início do returno da competição nacional.

Com Copa do Brasil mais longa, CBF revela calendário do futebol para 2013

O volante Marino acredita que é possível e destaca que a arrancada do Atlético-GO se deve muito à chegada do técnico Jairo Araújo. "O Jairo dá confiança para todos nós. Ele está no comando e a equipe joga por ele. Ele pede nossa entrega e diz que precisamos dar o melhor para o time. Dessa forma, conseguiremos sair do rebaixamento, se não for nessa será na próxima rodada", disse.

FICHA TÉCNICA -  ATLÉTICO-GO X CRUZEIRO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 29 de agosto de 2012 (quarta-feira)
Horário : 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Neuza Inês Back (SC)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Gustavo, Reniê e Eron; Dodó, Marino, Ernandes e Joílson; Wesley e Patric
Técnico: Jairo Araújo

CRUZEIRO: Fábio, Léo, Thiago Carvalho, Victorino (Rafael Donato) e Everton; Charles, Lucas Silva, Tinga e Montillo; Wallyson e Borges (Wellington Paulista)
Técnico: Celso Roth

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.