Tamanho do texto

Afastado no Brasileirão, assistente Emerson Pereira de Carvalho acertou ao não marcar impedimento em lance polêmico

Derrotado em seu estádio nas duas últimas finais da Copa do Brasil, o Coritiba sofreu mais um trauma no Couto Pereira. Nesta quarta-feira, o time alviverde ia vencendo o Grêmio por 3 a 1 e avançando às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Um gol de Marcelo Moreno aos 45min do 2º tempo, porém, fez valer a fama de "imortal" do time tricolor. No final, a equipe de Porto Alegre perdeu por 3 a 2, mas se classificou para a próxima fase do torneio continental graças aos gols marcados fora de casa - no primeiro duelo, os gremistas levaram a melhor por 1 a 0 no estádio Olímpico.

O Grêmio mereceu a vaga? Ou o Coritiba deveria ter passado? Deixe sua opinião!

O gol salvador de Marcelo Moreno, inclusive, contou com a "participação" do personagem mais polêmico dos últimos dias: o bandeira Emerson Augusto de Carvalho, responsável pelo erro do "triplo impedimento" no clássico entre Santos e Corinthians, no domingo. Mesmo afastado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Carvalho foi escalado para a competição internacioanl e acertou ao não marcar posição irregular do atacante gremista, que, livre na pequena área, desviou chute que veio de fora da área para classificar o clube tricolor na Sul-Americana.

Antes do gol de Moreno, Éverton Ribeiro , Roberto e Pereira haviam colocado o Coritiba em vantagem de 3 a 1 no placar - de pênalti, Kleber descontou no primeiro tempo. Com sua torcida já comemorando a vaga, porém, o clube da capital paranaense falhou na marcação no fim do jogo e acabou sendo castigado. Sem motivo, os atletas alviverdes ainda reclamaram muito e partiram para cima do auxiliar Emerson Augusto de Carvalho, que precisou de escolta policial para deixar o gramado do Couto Pereira após o apito final.

VEJA:  Marin anuncia mudanças na Comissão de Arbitragem da CBF e cria novo órgão

Agora, o Grêmio espera os duelos entre Barcelona-EQU e Cobreloa-CHI para saber quem será seu próximo adversário na Copa Sul-Americana. As partidas entre equatorianos e chilenos estão marcadas para 28 de agosto e 19 de setembro. Ao Coritiba, por sua vez, resta apenas o Campeonato Brasileiro . A equipe curitibana é a 15ª colocada, com 19 pontos em 18 jogos - está a apenas três pontos da zona do rebaixamento.

O jogo
A equipe da casa teve a primeira boa oportunidade aos três minutos, em cobrança de falta de Ayrton, que acertou a defesa e ganhou escanteio. Após a cobrança, Roberto pegou sobra de bola e mandou alto demais, pela linha de fundo. O time tricolor chegou pela primeira vez com Kléber, aos 10 minutos, recebendo belo lançamento de Marquinhos e arrematando para fora. A forte marcação gremista atrapalhava as investidas do Coritiba. Porém, aos 22min, Éverton Ribeiro partiu para cima da defesa, abriu espaço e bateu para o fundo das redes.

MAIS:  Mesmo com vaga, Zé Roberto critica desatenção do Grêmio diante do Coritiba

O Grêmio voltou a subir de produção e começou a ganhar a disputa no meio campo. Até que, aos 38 minutos, Kléber Invadiu a área, dividiu com Pereira e caiu. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança. Elano deixou tudo igual. O resultado acabava com qualquer chance de penalidades ao final dos 90 minutos. Aos 42min, Rafinha pegou sobra de bola e bateu para defesa de Grohe.

CONFIRA:  Após queda, técnico do Coritiba reclama de pênalti "duvidoso" para o Grêmio

Marcelo Moreno comemora o gol da classificação
Gazeta Press
Marcelo Moreno comemora o gol da classificação

Na segunda etapa, o Grêmio voltou com Naldo e Zé Roberto no time. O Coritiba começou assustando com um chute de Roberto que passou raspando a trave. O jogo ficou mais brigado no meio campo, com algumas faltas mais pesadas. Mas, aos sete minutos, ótima enfiada de bola de Robinho para Roberto, que tocou na saída do goleiro para fazer o gol.

O torcedor coxa-branca acordou nas arquibancadas e passou a apoiar mais o time, que precisava de mais um gol para seguir na competição. O técnico Marcelo Oliveira apostou então nas entradas de Lincoln e Thiago Primão. O Grêmio tentou acabar coma festa mais cedo, aos 18 minutos, com Marcelo Moreno arrematando para um milagre de Vanderlei. Entretanto, que resolveu foi o zagueiro Pereira, que aos 20 minutos apareceu na área para desviar de cabeça e fazer o terceiro.

A equipe paranaense administrava bem o resultado, com uma postura mais conservadora, esperando par sair no contra-ataque. O time da casa ainda teve a chance de ampliar, aos 40min, com chute de Júnior Urso, para fora. Mas, aos 45 minutos, Marcelo Moreno desviou chute no meio da pequena área e decretou a classificação gremista.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA 3 X 2 GRÊMIO
Copa Sul-Americana 2012 - 1ª fase 
Local : estádio Major Antônio Couto Periera, em Curitiba-PR
Data : 22 de agosto de 2012, quarta-feira
Horário : 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro : Wilson Luiz Seneme
Assistentes : Alessandro Rocha e Emerson Augusto de Carvalho
Cartões amarelos : Pereira e Chico (COR); Souza, Fernando e Kleber (GRE)
Cartão vermelho : Pará (GRE)

GOLS
CORITIBA: Éverton Ribeiro, aos 22 minutos do primeiro tempo; Roberto, aos 7, e Pereira, aos 20 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Elano, aos 40 minutos do primeiro tempo e Marcelo Moreno, aos 45 minutos do segundo tempo

CORITIBA : Vanderlei; Ayrton, Pereira, Escudero e Lucas Mendes; Willian, Chico (Thiago Primão), Everton Ribeiro, Robinho (Junior Urso) e Rafinha; Roberto (Lincoln)  Técnico : Marcelo Oliveira

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva (Naldo) e Anderson Pico; Fernando (Leandro), Souza, Elano (Zé Roberto) e Marquinhos; Kléber e Marcelo Moreno  Técnico : Vanderlei Luxemburgo

O Grêmio mereceu a vaga? Ou o Coritiba devia ter passado? Discuta na Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.