Tamanho do texto

Contratação realiza um desejo antigo do presidente Angelo Moratti, que já havia tentado adquirir o atacante outras três vezes

EFE

Antonio Cassano, atacante da Inter
Getty Images
Antonio Cassano, atacante da Inter

Em comunicado publicado nesta quarta-feira em seu site oficial, a Inter de Milão deu boas vindas ao atacante Antonio Cassano, que chega ao clube após troca com o Milan pelo também atacante Giampaolo Pazzini.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atleta já chegou ao centro de treinamento da Inter, onde foi recebido pelo técnico Andrea Stramaccioni e o capitão da equipe, o argentino Javier Zanetti. A contratação realiza um desejo antigo do presidente do clube, Angelo Moratti, que já dura 13 anos. Anteriormente, foram pelo menos três tentativas de contratar o jogador, a primeira quando Cassano ainda era uma jovem revelação do Bari.

Leia mais sobre futebol italiano no blog do Tripletta

A transferência tomou conta do noticiário esportivo italiano por envolver dois jogadores com passagem pela seleção do país. Segundo o jornal "La Gazzetta dello Sport", o contrato de Cassano é de dois anos e, para contratá-lo, a Inter pagou 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões), mais Pazzini, que assinou por três anos com o Milan.

Leia também: Tribunal confirma pena de 10 meses a técnico da Juventus por fraude

Ao longo de sua carreira, além do Milan e seleção italiana, Cassano vestiu as camisas de Bari, Real Madrid, Roma e Sampdoria. Muitas vezes envolvidos com polêmicas, como quando brigou com o presidente do clube genovês. Em 2011, sofreu leve isquemia cerebral por consequência de um problema cardíaco.

Sobre o temperamento do novo reforço, Moratti já foi questionado sobre a possibilidade de ser mais rigoroso com o atleta. "Não, ele tem personalidade suficiente para fazer por ele mesmo", retrucou.

Veja ainda: Após oferta do Manchester City, De Rossi confirma permanência na Roma

Pazzini, por sua vez, tem 28 anos de idade, e chegou a fazer uma dupla de ataque de sucesso com Cassano na Sampdoria, na temporada 2009-10. Antes de jogar pelo clube e na Inter, atuou por Atalanta e Fiorentina, além da seleção da Itália.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.