Tamanho do texto

Garoto Mike marcou nos acréscimos e salvou o time gaúcho de novo tropeço no Beira-Rio

Forlán tenta passar pela marcação da Ponte Preta no Beira-Rio
Gazeta Press
Forlán tenta passar pela marcação da Ponte Preta no Beira-Rio

Com um gol do garoto Mike, aos 46 minutos do segundo tempo, o Internacional venceu de virada a Ponte Preta neste domingo, no Beira-Rio, por 2 a 1. Cicinho abriu o placar para o time de Campinas e Jajá fez o outro gol do Inter, que fica em 5º lugar, com 30 pontos. A equipe paulista estaciona nos 20, em 10º lugar.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No primeiro tempo, a Ponte Preta suportou a tentativa de pressão inicial do Colorado, lhe deu poucas chances de marcar e ainda aproveitou a chegada que teve para fazer o seu gol. No segundo tempo, mais ofensivo, o Inter partiu para cima, empatou e conseguiu a virada ao apagar das luzes. A boa notícia foi Forlán, que teve sua melhor atuação pelo Colorado, criando boas situações de perigo.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

As duas equipes voltam a campo pela 17ª rodada do Brasileirão no meio de semana. O Internacional joga na quinta-feira, quando visita o Corinthians, no Pacaembu. A Ponte recebe o Bahia, quarta-feira, no Moisés Lucarelli.

O jogo:

O primeiro tempo do Internacional foi muito parecido com seus últimos jogos no Beira-Rio. Sem conseguir criar boas chances, a equipe se viu neutralizada pela boa marcação da Ponte Preta e levou perigo raras vezes.

A primeira chance de gol foi da Ponte. Aos 13 minutos, Marcinho surpreendeu cobrando uma falta lateral direto para o gol, mas Muriel espalmou para a frente. O Internacional respondeu dois minutos depois: em escanteio cobrado do lado direito, Rodrigo Moledo subiu mais que a zaga campineira, mas a cabeçada bateu no chão e saiu alto, por cima. No minuto seguinte, Forlán recebeu lançamento, pegou de primeira, mas mandou sem perigo.

Veja a galeria de fotos da rodada:

Aos 22, Forlán perdeu mais uma boa chance. Recebeu bom passe de Fred, mas demorou a concluir e foi travado pelo zagueiro Tiago Alves. Nos minutos seguintes, a partida caiu bastante, com a marcação ponte-pretana se impondo sobre as tentativas de criar do Inter. Só aos 38 o time gaúcho levou perigo de novo: Jajá arriscou da intermediária e chutou rasteiro, mas Édson Bastos defendeu com segurança.

Após neutralizar o Inter, a Ponte Preta marcou seu gol: aos 40, Cicinho invadiu a área pela direita e chutou cruzado, vencendo Muriel: 1 a 0. O gol encerrou uma invencibilidade de 400 minutos do goleiro colorado sem sofrer gols no Campeonato Brasileiro.

Veja os resultados dos outros jogos e as principais notícias do dia no iG Esporte

No intervalo, buscando a virada, Fernandão tirou o volante Ygor para colocar o centroavante Maurides. No entanto, o panorama não mudou muito. A Ponte seguiu fechada, impedindo o Inter de criar chances claras. Aos nove minutos, a primeira conclusão com relativo perigo do time gaúcho, com Forlán, à direita. Três minutos depois, o time paulista quase fez o segundo, com um chute Cicinho que acertou a trave de Muriel.

Após o susto, o Internacional chegou ao empate: Jajá aproveitou cruzamento de Kléber e testou para o fundo das redes, aos 14 minutos. O gol animou o Colorado, que foi para a pressão. Aos 18, Nei chutou cruzado, Gustavo impediu a chegada de Forlán e Édson Bastos saiu do gol antes da conclusão de Jajá. Aos 20, Forlán fez boa jogada e rolou para Lucas Lima, que bateu com perigo para fora. Na sequência, Jajá acertou ótimo chute de canhoto e quase fez seu segundo gol no jogo.

Passado o pior momento, a Ponte Preta voltou a aparecer no ataque aos 31 minutos, em chute de Caio defendido com segurança por Muriel. O Inter respondeu na jogada seguinte: Forlán chutou de esquerda e quase pegou Édson Bastos no contrapé. Na última chegada, o gol: Mike, que entrara no lugar de Kléber, recebeu na área, ajeitou e bateu no canto, vencendo Édson Bastos: Inter 2 a 1.

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 2 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 12 de agosto de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (PR)

Gols:
INTERNACIONAL : Jajá, aos 14, e Mike, aos 46 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: Cicinho, aos 40 minutos do primeiro tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Bolívar e Kléber (Mike); Ygor (Maurides), Élton, Lucas Lima e Fred (Lucas Lima); Jajá e Forlán.
Técnico: Fernandão

PONTE PRETA: Édson Bastos; Gerônimo, Diego Sacoman, Gustavo e Uendel (João Paulo); Baraka, Somália, Cicinho e Marcinho (Caio); Rildo (Bruno Nunes) e Roger.
Técnico: Gílson Kleina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.