Tamanho do texto

Volante Jean anotou o único gol da partida. Time paulista segue na 18ª colocação do Brasileirão

O Palmeiras quase conseguiu deixar a zona de rebaixamento neste domingo, mas sofreu um gol nos minutos finais da partida no Engenhão e perdeu por 1 a 0 para o Fluminense , que assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro graças ao tropeço do Vasco contra o Atlético-MG .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Jean comemora o gol que deu a vitória para o Fluminense
Photocamera
Jean comemora o gol que deu a vitória para o Fluminense

Depois de o time paulista ter desperdiçado boas oportunidades de balançar as redes, Jean anotou o único gol do jogo, aos 38 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Palmeiras permanece com 13 pontos, no 18º lugar, ainda na zona de rebaixamento. Já o Fluminense avançou ao segundo lugar, com 35, apenas três atrás do líder Atlético-MG .

VEJA A CLASSIFICAÇÃO E OS PRÓXIMOS JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

O Palmeiras , que não contou com Luiz Felipe Scolari , suspenso, volta a campo na quarta-feira, quando enfrentará o terceiro carioca na sequência, desta vez o Flamengo , às 21h50 (de Brasília), na Arena Barueri. No mesmo dia, às 19h30, o Fluminense vai ao estádio Independência para encarar o Cruzeiro .

O jogo
O Palmeiras se preocupou em armar seu sistema defensivo para ter condições de avançar no Engenhão. Com isso, o clube paulista foi o primeiro a chegar com perigo na partida deste domingo. Logo aos quatro minutos, Henrique cruzou da direita para o argentino Hernán Barcos, que chegou livre atrás da zaga e cabeceou, exigindo boa defesa de Diego Cavalieri.

Nos minutos iniciais, o Fluminense exibiu dificuldades para superar o ferrolho alviverde e ainda permitiu que o adversário tivesse mais posse de bola. Para conter os avanços dos mandantes, até o atacante Obina voltava para bloquear as jogadas do Tricolor.

Ao mesmo tempo, o Verdão encontrou tempo de ir ao ataque. Aos 19, Cavalieri foi preciso para interceptar cruzamento de Fernandinho, que chegaria a Barcos. No rebote, Marcos Assunção chutou rasteiro e viu o goleiro segurar. Pouco depois, Fernandinho invadiu a área pela esquerda e foi travado no primeiro chute, mas pegou o rebote para soltar um foguete, obrigando Diego Cavalieri a espalmar.

Aos poucos, o Fluminense passou a segurar mais a bola, em busca de um buraco na defesa adversária. Fred chutou de fora da área, mas saiu fraco, facilitando para Bruno. Na intenção de pressionar os visitantes, Rafael Sóbis também arrematou, em cobrança de falta, dando mais trabalho ao goleiro.

Nos dois únicos cochilos da defesa palmeirense no primeiro tempo, Fred teve duas oportunidades para cabecear na área, mas errou ambas. Já nos minutos finais, o Verdão levou perigo novamente e assustou a torcida tricolor.

Barcos emendou um chute de primeira, após cobrança de escanteio de Marcos Assunção, e mandou por cima do travessão. Antes do apito do árbitro, Obina ajeitou de calcanhar na direita para Artur, que bateu rasteiro e forte, contando com bobeira de Cavalieri para carimbar a trave.

No intervalo, o técnico Abel Braga tirou o meia Wagner, lesionado, para a entrada do volante Diguinho. O Fluminense voltou disposto a pressionar o Palmeiras e levou perigo aos dois minutos, quando Fred quase completou cruzamento de Carlinhos na pequena área.

Depois de ficar acuado durante o começo da etapa, o Palmeiras enfim avançou e quase abriu o placar, aos 13 minutos. Obina encarou a marcação pela direita e invadiu a área, mas a zaga afastou. No rebote, Barcos chutou forte, para grande defesa de Diego Cavalieri. No minuto seguinte, Murtosa tirou o próprio Obina para a entrada de Mazinho.

Já o Fluminense criou sua melhor chance na sequência. Jean avançou pela direita e cruzou baixo, mas Thiago Heleno tentou cortar no carrinho e mandou contra o próprio gol. Bruno estava atento e salvou o time visitante. Do outro lado, Diego Cavalieri fez boa defesa depois de cobrança de escanteio de Marcos Assunção.

Aos 38, o Tricolor marcou o gol da vitória. Jean recebeu na entrada da área, girou e chutou no canto para superar o goleiro Bruno. Depois disso, o Palmeiras partiu no desespero ao ataque, mas não conseguiu evitar a derrota.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de agosto de 2012, domingo
Hora: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Fábio Pereira (TO)
Cartão amarelo: Obina (Palmeiras)
GOL: FLUMINENSE: Jean, aos 38 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wallace, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho (Matheus Carvalho), Jean, Wagner (Diguinho) e Thiago Neves (Samuel); Rafael Sóbis e Fred
Técnico: Abel Braga

PALMEIRAS: Bruno; Artur (Betinho), Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Marcos Assunção, Patrik (João Vitor) e Fernandinho; Obina (Mazinho) e Barcos
Técnico: Flávio Murtosa

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.