Tamanho do texto

Antonio Conte treinava o Siena quando se envolveu em esquema de arranjo de resultados

Conte não poderá comandar a Juventus nesta temporada
Getty Images
Conte não poderá comandar a Juventus nesta temporada

Antonio Conte, técnico campeão italiano com a Juventus na última temporada, foi punido com uma suspensão de dez meses por causa do seu suposto envolvimento no escândalo de manipulação de resultados do futebol italiano. Ele foi acusado de ter deixado de relatar manipulação de resultados em duas partidas da temporada 2010/2011, quando então dirigia o Siena na Série B italiana.

Envolvido em escândalo, técnico da Juventus tenta acordo com justiça italiana

Leonardo Bonucci e Simone Pepe, jogadores da equipe de Turim, acabaram sendo inocentados em veredicto anunciado nesta sexta-feira pelo Comitê Disciplinar da FIGC (Federação Italiana de Futebol).

Jogadores suspensos por fraude ou doping na Itália ficarão sem salários

Logo após a punição ser anunciada pela FIGC, a Juventus divulgou um comunicado para informar que já está preparando uma apelação contra a decisão da entidade, que também puniu Angelo Alessio, assistente de Conte, com oito meses de suspensão.

"A Juventus expressa grande satisfação pela absolvição de seus jogadores Leonardo Bonucci e Simone Pepe e sublinha o seu total apoio a Antonio Conte e Angelo Alessio, na esperança de que no próximo nível do sistema de justiça possa finalmente mostrar que eles são completamente inocentes", disse o clube.

A comitê havia pedido suspensão de 42 meses a Bonucci e por uma de 12 meses a Pepe pela suposta participação dos dois jogadores na manipulação do resultado do jogo entre Udinese e Bari, disputado em maio de 2010. Na época, Bonucci era atleta do Bari, enquanto Pepe atuava pela equipe de Údine.

A Udinese também foi inocentada no julgamento desta sexta-feira, enquanto o Bologna, outro time investigado no escândalo de manipulação de resultados que afetou o país, acabou multado em 30 mil euros (cerca de US$ 37 mil). O Siena perdeu seis pontos no início da Série A italiana.

Marco Di Vaio, ex-capitão do Bologna e hoje no time canadense Montreal Impact, também foi inocentado nesta sexta-feira. Ao saber da decisão, ele escreveu em sua página no Twitter: "Justiça foi feita!!! Absolvido!!! Agora eu vou voltar para a cama muito mais leve!!!"

Enquanto isso, Lecce e Grosseto foram banidos da Série B do Campeonato Italiano e terão de começar a próxima temporada do futebol europeu na Lega Pro, a terceira divisão do futebol do país. Já o Novara, rebaixado para a Série B na temporada passada, foi punido com a perda de dois pontos e já iniciará a segunda divisão com pontuação negativa.

Os recursos contra as punições aplicadas a todos os envolvidos neste escândalo de manipulação de resultados do futebol italiano serão ouvidos pela FIGC no próximo dia 20.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.