Tamanho do texto

Atacante beijou o escudo do Botafogo, seu ex-clube, após ser xingado no Orlando Scarpelli

Loco Abreu, do Figueirense, contra o Fla
Gazeta Press
Loco Abreu, do Figueirense, contra o Fla

Uma cena curiosa marcou a vitória de 2 a 0 do Flamengo sobre o Figueirense  nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli. Ofendido pela torcida do time carioca durante quase toda a partida, o atacante uruguaio Loco Abreu levantou a camisa do time catarinense e beijou o escudo do seu ex-clube Botafogo . Ele carrega o símbolo costurado na camisa que usar por baixo da principal.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O gesto foi punido com o cartão amarelo pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden. O atacante ainda fez um gesto imitando a 'cavadinha', pênalti convertido pelo jogador na final do Campeonato Carioca de 2010, que deu o título para o time de General Severiano. A cobrança se tornou marca do jogador, que repetiu na Copa do Mundo do mesmo ano.

Leia mais: Love encerra jejum, Fla vence o Figueirense e se recupera na tabela

Alguns jogadores do Flamengo reclamaram com o atacante, que não deu ouvidos. No apito final, o árbitro Leandro Vuaden também pediu que o uruguaio não provocasse mais a torcida rival, ameaçando expulsá-lo. Em campo, Loco Abreu acertou a trave com uma cabeçada, mas não conseguiu evitar a sétima derrota seguida do Figueirense , lanterna do Brasileirão.

Ajude o time do Figueirense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.