Tamanho do texto

Zagueiro uruguaio foi deixado de lado por Celso Roth. Clubes da Argentina manifestaram interesse

Pouco utilizado pelo técnico Celso Roth, o zagueiro uruguaio Victorino pode fazer as malas e deixar o Brasil. O Cruzeiro tem recebido sondagens de clubes da Argentina.

Ele está insatisfeito pelas escassas oportunidades, tendo vezes que sequer é relacionado para os jogos. O Independiente seria um dos clubes que buscam a contratação.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Victorino pode parar no futebol argentino
Vipcomm
Victorino pode parar no futebol argentino

"Contato direto não houve. Amigos da Argentina me falaram do interesse do Independiente. Comecei a procurar na internet, falei com meu procurador, ele disse que o Independiente está muito interessado. Eles querem que eu jogue lá na próxima temporada, mas não falei nada com eles. Houve outros times como San Lorenzo e Lanús também, mas falei com meu procurador para não me falar nada enquanto não tiver algo fechado, porque quero me concentrar só no Cruzeiro", disse.

Leia: Estrangeiros no Brasil crescem 66% em menos de um ano

Victorino frisa que o desejo sempre foi de ficar no Cruzeiro, mas que o fato de ser reserva pode atrapalhar profissionalmente, e que se a situação não ficar resolvida aí sim ela pensaria em deixar a Raposa. O jogador lembra que no momento que estava atuando normalmente recebeu convite do Flamengo, mas que preferiu ficar em Belo Horizonte.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

"Minha intenção sempre foi ficar aqui. Falei o mesmo quando tive proposta do Flamengo. Falei com o clube e com meu procurador que queria ficar. A prioridade é o Cruzeiro, mas estava jogando. Agora não estou indo para os jogos, o que daria para pensar numa chance de poder jogar, já que todo jogador quer estar em partidas oficiais. Tenho de pensar também em convocações para a seleção, o que é importante para mim", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.