Tamanho do texto

Alexandre Gallo quer que seu time tome cuidado com as faltas para não dar chance da equipe paulista usar sua perigosa bola parada

Querendo emplacar a segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro , o Náutico já sabe o que tem que fazer para melhorar as suas chances de vencer o Palmeiras , neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena Barueri, em Barueri (SP), pela 11ª rodada: ter muita atenção com a bola parada adversária, considerada como "a melhor do Brasil" pelo técnico Alexandre Gallo.

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

"É a bola parada mais eficiente do Brasil. Nós temos que ter bastante cuidado e evitar fazer faltas na entrada da área. O Marcos Assunção é um especialista neste tipo de jogada e a zaga deles ataca muito bem nas bolas aéreas", lembrou o treinador do Timbu, que recebeu uma boa notícia neste sábado: Marcos Assunção, com uma tendinite no joelho, é desfalque para a equipe paulista.

De acordo com Gallo, o bom momento físico e técnico de sua equipe pode ser fator determinante para sair de São Paulo com um bom resultado. "O nosso time está em um momento físico e técnico muito bom. Quanto isto acontece, o técnico vê um sonho se realizar. Eu peço aos atletas para que joguem duro, sem fazer faltas", concluiu Gallo.

Na 11ª colocação do Nacional, com 13 pontos, o Náutico quer melhorar o seu aproveitamento quando atua longe dos Aflitos. Ao todo, foram cinco jogos como visitante, com apenas uma vitória e quatro derrotas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.