Tamanho do texto

Digão foi pego com o documento falso em Duque de Caxias. Teste de bafômetro do atleta deu negativo

Digão foi titular na partida contra o Boca Juniors, na Bombonera, na primeira fase da Libertadores
Caio Amy/Photocamera
Digão foi titular na partida contra o Boca Juniors, na Bombonera, na primeira fase da Libertadores

O zagueiro Digão , do Fluminense , foi autuado e detido pela polícia com uma carteira de habilitação falsa em uma blitz da Lei Seca, na madrugada da última terça-feira. O jogador de 24 anos foi parado na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense e acabou sendo conduzido para a delegacia. Ele foi liberado após pagamento de fiança.

O clube carioca ainda não se pronunciou sobre o caso, dizendo apenas que ele foi 'liberado do treinamento para resolver problemas particulares'. O Fluminense também não informou se prestará algum tipo de assistência jurídica.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Quando o jogador foi parado na blitz, os agentes fizeram um levantamento no sistema do Detran (Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro) com o número do documento apresentado e constataram que a carteira nacional de habilitação do jogador é falsa. 

Leia mais: Diego Cavalieri completa primeiro treino após sete dias e pode pegar o Bahia

Digão também fez o teste do bafômetro, que deu negativo para presença de álcool. Ele foi encaminhado à 62ª Delegacia de Polícia, autuado por usar documento falso e posteriormente levado à 59º DP, também em Duque de Caxias, onde aguardou a liberação.

Relembre outros atletas que tiveram problema com a Justiça:

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.