Tamanho do texto

Vítima de sequestro relâmpago em São Paulo, chileno está recuperado psicologicamente

Campeão da Copa do Brasil , o Palmeiras tem mais um motivo para comemorar: o meia Valdivia vai ficar no clube pelo menos até o fim da Libertadores 2013, competição para qual a equipe do Palestra Itália já está classificada. Em reunião realizada na última segunda, o jogador comunicou à diretoria que se recuperou bem do sequestro relâmpago sofrido em junho e deseja ficar no time. O vice de futebol alviverde, Roberto Frizzo, confirmou que a mulher e os filhos do jogador vão retornar ao Brasil para ficar ao lado do pai.

Você aprova a permanência de Valdivia no Palmeiras? Comente!

Valdivia, Barcos e a Copa do Brasil: argentino foi um dos que convenceram Valdivia a ficar
Futura Press
Valdivia, Barcos e a Copa do Brasil: argentino foi um dos que convenceram Valdivia a ficar

"Ele estava feliz, pois convenceu a esposa e os filhos a retornar, a família vai estar aqui com ele. Isso com certeza facilitou (na decisão de ficar no Brasil)", comentou o dirigente. "Nós tivemos uma reunião com o Valdivia, e ele deixou expressa a vontade de permanecer. Em nenhum momento o Palmeiras queria abrir mão dele, e o que ficou acordado é que ele vai jogar a Libertadores", completou.

VEJA:  Obina refuta ser melhor que Eto'o e diz que quer apagar imagem ruim

Esposa do camisa 10, a modelo Daniela Aránguiz e os dois filhos do casal estão no Chile desde o trágico episódio. Valdivia também tinha situação indefinida no Palmeiras por conta do sequestro, no qual o meia permaneceu pouco mais de três horas como refém ao lado da mulher - que acabou até sofrendo abusos do criminoso . Após o episódio, o jogador avisou que pensava em sair do clube, mas acabou acertando sua permanência até o final da Copa do Brasil. O camisa 10 acabou sendo um dos destaques na fase final da competição, e comemorou muito seu segundo título no Palmeiras (o outro foi o Paulistão 2008).

MAIS:  Felipão se reúne com a diretoria para discutir reforços

Frizzo diz que o time alviverde está feliz com a permanência de Valdivia, mas alerta que, como a janela para o futebol europeu ainda está aberta, uma proposta do exterior pode acabar balançando o atleta: "A gente sabe como é o futebol. Amanhã aparece uma proposta e as coisas mudam. Mas o desejo do jogador e o do clube é esse: ficar para a Libertadores", disse o cartola.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.