Tamanho do texto

Volante tem proposta da Inter de Milão, mas pretende continuar no clube para o Mundial

Jogador mais valorizado do Corinthians após a conquista da Libertadores, Paulinho tem proposta tentadora da Inter de Milão . Com direitos econômicos atrelados ao Grupo Pão de Açúcar (45%), o Banco BMG (45%), o jogador está em meio de muitos interesses por uma venda que possa fazer o lucro para quem investiu nele. Após a derrota para o Botafogo nesta quarta-feira , Paulinho disse que não tem interesse em deixar o Corinthians.

Leia também: Alex fala em tom de despedida após derrota no Pacaembu

"Estou vendo o esforço da diretoria em me manter. Minha vontade é de permanecer, ficar... Quero que se resolva o mais rápido o possivel para que eu volte a jogar meu futebol. Hoje eu acho que foi minha pior partida com a camisa do Corinthians, tenho essa autocritica. Claro que é dificil você, depois de sair de um título tão importante (da Libertadores) volte a jogar como estava. Agora é levantar a cabeça e trabalhar", disse Paulinho no Pacaembu.

E mais:  Tite pede reação imediata e lembra que torcida não gritará "é campeão" sempre

O jogador, que receberia 300 mil euros por mês na Inter de Milão, diz que a proposta financeira não mexe com sua cabeça neste momento. O Corinthians, que tem 10 % dos seus direitos, está disposto a comprar do BMG a sua parte de Paulinho.

"O dinheiro para mim hoje não é um problema. Não tenho problema com isso, vou ganhar dinheiro em qualquer lugar. Se eu for embora vou ganhar, se eu ficar da mesma forma. Não penso no dinheiro, prefiro pensar na minha carreira", disse o jogador, motivado em disputar o Mundial de Clubes no final do ano.

Fiel ao Corinthians, o jogador valoriza os aumentos salariais que recebeu desde que chegou ao clube, em maio de 2010, mas vê a valorização alcançada com o título da Libertadores como um nova forma de pedir por um reajuste no seu holerite.

"Tenho meus representantes e quero que façam isso o mais rápido. Converso com eles para isso, para resolver logo. Para eu poder ficar com a cabeça tranquila. Não que isso atrapalhe, se estivesse prejudicando, eu seria o primeiro a falar que estava. Não está. Sei que vai tudo se resolver", disse o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.