Tamanho do texto

Novo reforço do São Paulo já está apto a entrar em campo e pode enfrentar o Palmeiras

Ney Franco deve ter a zaga considerada titular na visão da diretoria neste domingo, contra o Palmeiras . Rafael Tolói apareceu na manhã desta quarta-feira registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está liberado para estrear pelo São Paulo na Arena Barueri. Ao seu lado, deve ter Rhodolfo, que está recuperado de estiramento na coxa esquerda.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Rafael Toloi chegou há poucos dias e vai estrear no São Paulo num clássico
Vipcomm
Rafael Toloi chegou há poucos dias e vai estrear no São Paulo num clássico

Rhodolfo participou de parte do treino físico e técnico com bola, com intensidade inferior a dos colegas. Na metade da atividade, passou a trabalhar de forma isolada, mas está sem dores desde quinta-feira. Por isso, já não é mais considerado nem dúvida para o clássico.

E MAIS:  Aos 21 anos, Rafael Tolói promete manter espírito de líder do Goiás

"O Rhodolfo não teve um estiramento grave. Deve jogar, sem problemas", informou o médico José Sanchez. O defensor, que desfalcou o time contra o Coritiba e saiu no primeiro tempo da derrota do Cruzeiro na rodada anterior, deve ser aproveitado no treinamento fechado na tarde desta quarta-feira e dos exercícios técnicos que Ney Franco comandará até o Choque-Rei.

Já Rafael Toloi trabalhou normalmente com o resto do elenco em uma atividade com campo reduzido e toques limitados no CT da Barra Funda. Como já estava atuando pela Série B do Campeonato Brasileiro no Goiás, o jogador não tem problemas físicos para estrear neste fim de semana. João Filipe e Edson Silva devem perder lugar no time.

CONFIRA:  Ney Franco deseja "brincar" com mudança tática mantendo ofensividade

No treino desta quarta-feira, já não estava Fernandinho, negociado com o Al-Jazira. Piris, liberado para acertar com o Sevilla, também não apareceu.

Cañete está em fase final de recuperação
Mário André Monteiro
Cañete está em fase final de recuperação

Cañete só precisa ficar forte
O meia que rompeu o ligamento cruzado posterior do joelho direito em novembro já não tem mais problemas médicos para entrar em campo. A dificuldade, porém, é fortalecer sua musculatura. Por isso, ele não tem treinado com o grupo.

"Estamos aguardando o Cañete ganhar um pouco mais de massa muscular. Está fazendo tudo no campo, mas precisa da massa para treinar. Tínhamos previsão de volta em oito meses, mas não temos mais. É uma cirurgia no ligamento cruzamento posterior, antigamente nem se operava esse ligamento", disse Sanchez.

Já Wellington, que operou em fevereiro o joelho esquerdo, deve estar de volta no fim de agosto. "Ele está ótimo, mas tem que esperar um pouco. Vai chegar uma hora em que vai ser difícil de segurar, mas falta um mês e meio ainda", falou o médico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.