Tamanho do texto

Goleiro reserva negou tristeza e se disse satisfeito com sua atuação no período que substituiu o ídolo são-paulino

Rogério Ceni voltou aos treinos na linhas, mas também já atua no gol
Francisco De Laurentiis
Rogério Ceni voltou aos treinos na linhas, mas também já atua no gol

Rogério Ceni tem participado normalmente dos treinos com o grupo de forma tão intensa que existe a expectativa inclusive dele de voltar até mesmo no domingo, contra o Palmeiras . O retorno, porém, deve ocorrer dentro da programação da comissão técnica: no dia 22, contra o Figueirense . E Denis , já em clima de despedida da posição, se contenta com a recuperação do ídolo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estou muito feliz pela recuperação dele. Se eu falar que estou muito triste por deixar o gol para ele, é mentira. Eu sabia que ele ia se recuperar o mais rápido possível e ia poder ajudar o São Paulo em campo novamente", disse o camisa 22, que nesta quarta-feira treinou bastante ao lado de Ceni, do preparador de goleiros Haroldo Lamounier e dos colegas de posição Leonardo e Léo.

Leia mais: Rafael Tolói aparece no BID e deve ser titular no clássico ao lado de Rhodolfo

Escalado desde o início da temporada, Denis só deve continuar como titular no domingo, contra o Palmeiras, na Arena Barueri, e na próxima quarta-feira, diante do Vasco, em São Januário. A partida seguinte, contra o Figueirense, em Florianópolis, deve marcar a volta do camisa 01 e o fim de um período no qual o reserva tem certeza de que agradou.

Veja também: Ney Franco deseja "brincar" com mudança tática mantendo ofensividade

"Tive bem mais pontos positivos do que negativos nestes sete meses. Nenhum ser humano é perfeito, dentro de campo todos erram e errei algumas vezes, mas acertei bem mais", opinou Denis, que destaca como uma de suas grandes atuações a vitória do último domingo, sobre os reservas do Coritiba, quando realizou defesas complicadas.

E ainda: Ney Franco visita CT da base e se impressiona com estrutura são-paulina

"Mas todos os jogos para mim são muito importantes, sempre guardo de cada um as coisas positivas e negativas para aprender quando acerto e ainda mais quando erro", apontou, crente de que a torcida concorda com ele. "Sinto que o torcedor já confia em mim e eles podem ficar tranquilos porque vou trabalhar ainda mais para corresponder quando o São Paulo precisar de mim em campo", prometeu.

Para Rogério Ceni, a intenção é de que, em sua volta após operar o ombro direito em janeiro, o time esteja bem colocado no Campeonato Brasileiro - atualmente, está em quarto lugar, a quatro pontos do líder Atlético-MG. "Vou procurar fazer o meu trabalho para entrar a equipe na melhor colocação possível", declarou.

Entre para a torcida virtual do São Paulo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.