Tamanho do texto

Em jogo de muitos gols, time mineiro vence por 3 a 2 no Independência, chega aos 22 pontos e deixa o visitante entre os últimos

A torcida americana que marcou presença em bom número no estádio Independência, neste sábado, voltou para casa satisfeita com a vitória do América-MG . Com um futebol de qualidade no primeiro tempo, os mandantes não deram chances para o Atlético-PR e venceram por 3 a 2. Com o resultado, o time mineiro chega a 22 pontos na liderança do Brasileiro, contra apenas oito do adversário.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores 

O primeiro gol do América-MG foi anotado pelo avante Fábio Júnior, que cobrou pênalti rasteiro, no canto direito do goleiro Weverton, que pulou para o lado certo, mas não conseguiu fazer a defesa. Alessandro marcou o segundo depois de boa trama ofensiva. Gabriel Marques começou a reação para o Atlético-PR e o veterano Paulo Baier empatou o jogo. No finalzinho Adeílson, que tinha acabado de entrar marcou o gol da vitória.

América-MG abriu boa vantagem no começo e garantiu os três pontos
Futura Press
América-MG abriu boa vantagem no começo e garantiu os três pontos


Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG vai visitar o Goiás, na próxima sexta-feira, no estádio Serra Dourada. Já a equipe do Paraná, terá uma semana de preparação, até o sábado que vem, quando o time paranaense vai receber o ABC-RN.

O jogo - A torcida americana ainda se acomodava nas arquibancadas do Independência, quando o Coelho quase abriu o placar com um belo chute do armador Gilberto de fora da área, que obrigou o goleiro Weverton a fazer grande defesa. O lance intimidou o rival, que priorizou a marcação no começo do jogo, arriscando somente nos contra-ataques, mas sem lograr êxito.

Intensificando a pressão, o América-MG voltou a chegar com perigo aos oito minutos, com o lateral-esquerdo Bryan, que entrou livre dentro da área, mas optou pelo passe permitindo a recomposição da defesa paranaense. Aos 12, após nova tentativa de Bryan, o zagueiro Manoel tocou a bola com a mão, o árbitro Leandro Pedro Vuaden não titubeou e marcou pênalti para o América-MG.

O avante Fábio Júnior cobrou rasteiro, no canto direito do goleiro Weverton, que pulou para o lado certo, mas não conseguiu fazer a defesa. Em desvantagem, o Atlético-PR adiantou a marcação, e aos 20, o zagueiro Luiz Alberto furou após desvio de cobrança de falta de Paulo Baier. Aos 22, nova oportunidade para os visitantes, mas o tiro cruzado parou nas mãos de Neneca.

A resposta dos mineiros veio aos 24, com o atacante Alessandro, que mandou a bomba da entrada da área e quase ampliou o placar. No minuto seguinte, Alessandro teve outra chance, após boa trama ofensiva do América-MG, e dessa vez, o avante teve tranquilidade para tirar do goleiro e marcar o segundo gol dos americanos.

O Atlético-PR sentiu o segundo gol do América-MG, que retomou as rédeas do jogo, com mais posse de bola e volume ofensivo. Aos 34, o terceiro tento dos mineiros não saiu por milagre. O lateral Boiadeiro fez tudo certo e finalizou cruzado, mas caprichosamente a bola saiu à direita da meta do Furacão.

Na volta para a etapa complementar, o panorama do jogo mudou. O técnico Jorginho trocou o volante Alan Bahia pelo atacante Marcelo, deixando o visitante mais ofensivo, enquanto o América-MG diminuiu o ritmo do primeiro tempo, permitindo investidas mais agudas da equipe visitante, principalmente nas bolas paradas e tiros de longa distância.

Aos cinco minutos, Gabriel Marques acertou um belo tiro com a perna canhota, sem chances para Neneca, diminuindo o marcador e recolocando o Atlético-PR no jogo. Aos 15, o lateral quase marcou pela segunda vez na partida, mas o arqueiro americano trabalhou bem e fez a defesa. Acuado, o América-MG não conseguiu repetir o mesmo futebol dos 45 minutos iniciais.

Aos 21, o veterano Paulo Baier aproveitou cruzamento da direita e empatou o jogo no Independência. Após o empate do Atlético-PR, os donos da casa iniciaram uma pressão, que culminou no terceiro gol do América-MG. Aos 36, o atacante Adeílson, que tinha acabado de entrar, aproveitou boa troca de passes e saiu na cara do goleiro paranaense para fazer o tento da vitória dos americanos.

Reforça a torcida virtual do América MG

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.