Tamanho do texto

Após sair de campo machucado no jogo de ida, atacante do Corinthians se esforçou muito na vitória desta quarta sobre o Boca Juniors

No primeiro jogo da decisão da Copa Libertadores, no empate com o Boca Juniors por 1 a 1 em La Bombonera, Jorge Henrique saiu de campo machucado. Porém, nesta quarta, na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre os argentinos na segunda partida, o atacante foi um dos mais esforçados do time corintiano.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com os outros torcedores

Após o fim do jogo e o título inédito do Corinthians , o camisa 23 do time paulista não conseguiu conter as lágrimas. "Tem que chorar mesmo. Me machuquei no último jogo e ainda estou com dor. Estou muito feliz, após tudo o que passei", disse Jorge Henrique .

Leia mais:  Fiel se liberta e grita: Corinthians é campeão da Libertadores

O atacante ainda destacou o aspecto coletivo do time e dedicou o título a todos do elenco. "O grupo é humilde e merece esse título", contou. "Acho que não somos um time, somos amigos. Essa amizade fora de campo a gente traz para a hora do jogo e está dando muito certo", destacou.

Confira ainda:  Relembre a trajetória invicta do Corinthians na Libertadores 2012

A torcida corintiana, que lotou o Pacaembu também foi lembrada pelo jogador. "É o reconhecimento do trabalho, da dificuldade, sempre estão apoiando a gente. Eles mostram o carinho e a confiança que tem em nós", confessou. "Viajaram não sei quantas horas para a Argentina de ônibus, deixam até de colocar comida em casa para ver um jogo, mas é a paixão e nós, jogadores, reconhecemos esse esforço do torcedor", concluiu Jorge Henrique.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.