Tamanho do texto

Corinthians e Boca fazem a quarta partida final da Libertadores da história do Pacaembu. Palmeiras e São Caetano foram vice, em 1961 e 2002, e o Santos faturou o tri em 2011

Após empate por 1 a 1 em La Bombonera , Corinthians e Boca Juniors fazem o segundo jogo da final da Libertadores no Pacaembu. O estádio municipal, que é praticamente a 'casa' do time paulista, já foi sede de outras três partidas finais na história do torneio continental, com uma vitória e duas derrotas para clubes brasileiros. Nesta quarta, as duas equipes farão uma espécie de tira-teima no tradicional gramado da cidade de São Paulo.

Quem vence a 3ª final de Libertadores no Pacaembu? Corinthians ou Boca ? Opine!

O Corinthians contará com o apoio da sua torcida no Pacaembu para conquistar a Libertadores
Futura Press
O Corinthians contará com o apoio da sua torcida no Pacaembu para conquistar a Libertadores

A primeira partida final da Libertadores no Pacaembu aconteceu em 1961. Na ocasião, o Palmeiras empatou o segundo jogo com o Peñarol por 1 a 1 e o título ficou com os uruguaios que venceram em casa por 1 a 0.

Em 2002, o São Caetano, uma das gratas surpresas do futebol brasileiro e mundial na década passada chegou à inédita final contra o Olimpia, do Paraguai. Após vitória fora de casa por 1 a 0, a equipe paulista vencia o segundo embate, no Pacaembu, e viu os paraguaios virarem o jogo e faturarem o título da Libertadores , nos pênaltis.

Leia mais:  Tite diz que Corinthians não representa o Brasil na final da Copa Libertadores

O triunfo brasileiro no Pacaembu veio no ano passado com o Santos de Neymar e companhia. O time de Muricy Ramalho empatou sem gols contra o Peñarol, no Uruguai e derrotou o rival por 2 a 1, em São Paulo, faturando o tri no torneio continental .

Em outras duas oportunidades o Pacaembu recebeu partidas de final da Libertadores, porém não foram os jogos que definiram com quem ficaria o título. Em 1968 o Palmeiras venceu o Estudiantes por 3 a 1 no segundo jogo da final após perder o primeiro duelo na Argentina por 2 a 1. Pelas regras na época, o resultado levou a decisão para um terceiro jogo em campo neutro. E os argentinos venceram por 2 a 0 em Montevidéu.

Já em 1974 o São Paulo fez o primeiro jogo da final contra o Independiente no Pacaembu e ganhou por 2 a 1. Na volta, perdeu por 2 a 0. Com isso, foi realizado uma terceira partida, em campo neutro. E em Santiago, os argentinos venceram por 1 a 0 e ficaram com o título.

Confira ainda:  Jorge Henrique se recupera, mas Tite deixa Romarinho sob alerta para jogar

Para a decisão dessa quarta, o Corinthians tem a seu favor o retrospecto de cinco vitórias e um empate nesta edição de Libertadores no Pacaembu. Mas a invencibilidade não garante o inédito título para a nação corintiana. Um empate levaria o jogo para a prorrogação e se o resultado persistir, a equipe de Parque São Jorge decidiria o caneco nos pênaltis, podendo ficar com o vice, mesmo sem derrotas na competição.

Resta ver agora quem abrirá vantagem no placar das finais de Libertadores no mais tradicional estádio da cidade de São Paulo, os clubes brasileiros ou os rivais estrangeiros.

Veja fotos do caminho corintiano até a final da Libertadores:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.