Tamanho do texto

Treinador preferiu arriscar e escalou cinco titulares contra o Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro, antes da final da Copa do Brasil

Agência Estado

Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras
Futura Press
Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras

Uma campanha quase perfeita num torneio e outra cheia de tropeços e com apenas um resultado positivo. O Palmeiras tem provado nessas últimas semanas que não tem elenco suficiente para ir bem em duas competições ao mesmo tempo. E quem diz isso é o próprio técnico Luiz Felipe Scolari.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Ainda faltam jogadores para termos um elenco como sete ou oito equipes do Brasil, que têm um elenco muito melhor organizado, com jogadores à disposição", disse o treinador. "A gente sempre fica com dificuldades para não perder algum atleta e no Brasileirão quem leva a vantagem são as equipes que têm mais de 20 jogadores do mesmo nível", completou.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

A falta de profundidade no elenco ficou clara no jogo do último domingo, em que Felipão preferiu arriscar e escalou cinco titulares contra o Figueirense. A vitória por 3 a 1 era necessária para tirar o Palmeiras da penúltima colocação do Brasileirão , e o treinador apostou em colocar Barcos no ataque, por exemplo, mesmo com a chance de perdê-lo para a final da Copa do Brasil, quinta-feira, contra o Coritiba . O atacante saiu de campo ileso, mas o zagueiro Maurício Ramos deixou o gramado com dores na coxa esquerda e será reavaliado pelos médicos nesta segunda-feira.

Veja também: Pela segunda rodada consecutiva, visitantes brilham no Brasileirão

Apesar de admitir que faltam alguns jogadores de qualidade, Felipão aprovou a atuação de alguns reservas contra o Figueirense. E aguarda a chegada do atacante Obina, que deve ser o primeiro reforço para a sequência do Campeonato Brasileiro .

E mais:  Qual foi o gol mais bonito da 7ª rodada do Brasileiro? Assista e vote na enquete

"O Maikon Leite, além de ser um jogador de velocidade, tem desenvolvido a qualidade do cruzamento, da bola parada. E faço elogios ao Fernandinho, que fez uma brilhante partida", comentou o treinador. "Ainda veremos um ou outro jogador pra saber se dá pra colocar mais em campo."

Entre para a torcida virtual do Palmeiras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.