Tamanho do texto

Equipe vem de fiascos na Copa de 2010 e na Euro 2012, com muitos conflitos internos

A participação da seleção francesa na Euro 2012 não rendeu só prejuízos esportivos, com a eliminação nas quartas de final, já que o jornal "L'Équipe" divulgou nesta terça-feira que os patrocinadores dos Bleus vão economizar 750 mil euros (cerca de R$ 1,9 milhão) pelos resultados do país.

A França voltará a ser uma seleção campeã? Deixe seu comentário!

Torcedores estão decepcionados com a França
AP
Torcedores estão decepcionados com a França

Os valores pagos à federação francesa levam em conta a popularidade da equipe, muito criticada pela sua atuação e pelos problemas fora de campo. Segundo o jornal, o patrocínio é feito por sistema de remuneração variável. Para definir a cota de patrocínio, uma pesquisa mensal é elaborada por uma firma independente, na qual a seleção precisa obter nota entre 6,5 e 10. Atualmente, a nota dos Bleus é 5,5. A última avaliação foi feita antes da derrota diante da seleção espanhola.

LE BLOG DU FOOT: Tudo sobre futebol francês

A ideia de aplicar uma cláusula de imagem nos contratos surgiu depois da Copa de 2010, quando os patrocinadores deixaram de pagar 2 milhões de euros. Na época, os jogadores protagonizaram diversos conflitos, e até mesmo um motim, que redundou na eliminação na fase de grupos da competição. Além disso, o técnico Raymond Domenech foi demitido e cinco jogadores foram afastados da seleção.

EURO 2012:  Espanha vence França, espanta freguesia e pega Portugal na semi

Ainda como saldo da desclassificação francesa, a federação vai definir sobre a permanência do técnico Laurent Blanc no cargo e sobre uma eventual punição ao meia Samir Nasri, principal foco de tensão durante a Euro 2012.