Tamanho do texto

Depois de Iveco e Marabraz, Bombril também estampará sua marca nos jogos contra o Boca

Camisa que o Corinthians usará contra o Boca Juniors
Divulgação
Camisa que o Corinthians usará contra o Boca Juniors

O Corinthians ainda não fechou acordo com um patrocinador fixo para o restante da temporada, mas não deixou de faturar. Aproveitando a exposição do clube nas finais da Libertadores , o Corinthians anunciou mais um acordo e depois de Iveco e Marabraz, a Bombril estampará sua marca nos jogos contra o Boca Juniors

Leia também:  Fim de semana fortalece Corinthians e fragiliza Boca Juniors

“Antes das semifinais, o Corinthians tinha as três maiores audiências do ano na TV. Nos jogos contra o Santos, batemos dois recordes, somando mais de 40 pontos de média. Ou seja, a exposição que proporcionamos é inquestionável. Estou feliz por anunciar que todas essas grandes empresas serão nossas parceiras em um momento histórico e tenho certeza que elas ficarão muito felizes com a entrega que acontecerá na final”, disse Ivan Marques, diretor de marketing do Corinthians.

E mais: Corinthians x Boca Juniors: Você vai torcer pra quem?

O clube recebe R$ 800 mil por jogo da Iveco. Somados os quatro jogos que a marca ficará no peito (ela já foi utilizada nas semifinais contra o Santos) o Corinthians arrecadou R$ 3,2 milhões, 10% do valor que o clube espera receber do seu próximo patrocinador  master. "Os patrocínios pontuais são sempre bem vindos quando não atrapalham a negociação de um patrocinador permanente. Estas oportunidades são vendidas em valores mais altos do que o patrocínio a longo prazo", comenta Caio Campos, gerente de marketing do Corinthians.

O Corinthians tem como meta fechar 2012 com receita de R$ 50 milhões em patrocínio. A Fisk, que estampa sua marca na barra da camisa, já tem um acordo fixo que paga R$ 10 milhões ao Corinthians por temporada. Enquanto não fecha com um patrocinador master, o Corinthians vem tentando se aproveitar da Libertadores e da grande exposição para não ficar para trás. Os valores pagos pela Marabraz e pela Bombril não foram revelados. 

Até as partidas contra o Emelec, nas oitavas de final, o Corinthians usava nas suas camisas as marcas da Hypermarcas, patrocinadora que teve seu vínculo encerrado em maio. Com o fim do contrato, o Corinthians passou a adotar o patrocínio pontual. O primeiro foi o do Magazine Luiza, na partida de volta contra Vasco no Pacaembu, pelas quartas de final.

Veja fotos da campanha do Corinthians e os patrocínios que acompanharam o clube

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.