Tamanho do texto

Discussão no vestiário após a derrota diante da Suécia abalou o grupo francês. Para Del Bosque, problema interno pode servir de motivação ao rival para chegar à semifinal

O terceiro semifinalista da Euro 2012 sai neste sábado, a partir das 15h45 (de Brasília). Espanha e França duelam na Donbass Arena, na cidade ucraniana de Donetsk, e o vencedor enfrenta Portugal na próxima fase - os lusos que eliminaram a República Checa . Os espanhois chegam embalados, enquanto os franceses terão que superar uma briga interna para derrotar os atuais campeões.

E MAIS:  Nasri e Ribéry estão confirmados para partida contra Espanha

Logo após a derrota diante da Suécia por 2 a 0 , na partida que fechou a fase de grupos, jogadores da França acabaram discutindo no vestiário e quase chegaram às vias de fato. Tudo aconteceu porque o volante Diarra acusou o meia Nasri de não ajudar na marcação.

CONFIRA: Blanc admite clima pesado no vestiário após derrota para Suécia

Derrota diante da Suécia causou mal-estar entre jogadores da França
Getty Images
Derrota diante da Suécia causou mal-estar entre jogadores da França

O técnico da seleção francesa, Laurent Blanc, não escondeu a insatisfação com a briga entre os atletas e admitiu que a confusão influenciou no clima do grupo e afetou a preparação para as quartas de final. "Foi preciso algum tempo para superar o incidente, mas que há prioridades com as quais precisamos lidar e elas são mais importantes até do que a preparação técnica para a partida", avaliou Blanc.

CONCORDA?  Uefa defende ampliação da Eurocopa para 24 seleções a partir de 2016

Para superar os espanhóis, o técnico deve manter a mesma escalação, mas com uma postura mais defensiva, sem buscar ter a mesma posse de bola do adversário. "Precisamos nos adaptar ao rival, mas isso não significa deixar de lado nossas próprias virtudes, nem nosso sistema. Sabemos que eles vão controlar a bola e será muito difícil roubá-la. Devemos jogar concentrados, defender bem e criar oportunidade para ganhar", avaliou.

VEJA:  Primeira fase da "Euro do gol de cabeça" supera tabu que já durava 24 anos

A única alteração deve acontecer na defesa. Como o zagueiro Mexes está suspenso, Blanc deve promover a entrada de Koscielny no milo de zaga ao lado de Rami. Os brigões Diarra e Nasri estão confirmados ao lado de Ribéry e Cabaye no meio de campo, com Benzema e Menez formando o ataque.

Del Bosque comanda treino da Espanha
AP
Del Bosque comanda treino da Espanha

Pelos lados da Espanha, o técnico Vicente Del Bosque disse que o problema interno que os franceses estão vivendo podem servir de motivação para o duelo que vale vaga na semifinal. "Creio que, se essas discussões realmente existiram, podem até servir de estímulo para eles", avisou o comandante espanhol.

SEM PAPAS NA LÍNGUA: "Espanha não é o Barcelona", diz José Mourinho

Dento de campo, Del Bosque acha que os francees não vão ficar aguardando a iniciativa da sua equipe. "Espero um jogo de alternativas. A França é uma seleção muito boa, que vai querer ganhar e não acho que vão ficar à nossa espera. Perderam para Suécia, mas antes estiveram muito tempo sem derrotas", comentou o técnico.

A única dúvida na atual campeã europeia e mundial é no ataque. Fernando Torres, que foi muito bem contra a Irlanda, quando fez dois gols, pode deixar o time titular para entrada de Fábregas, que começou o torneio entre os 11 iniciais, também tem dois gols na Euro, mas perdeu a posição nos dois jogos seguintes da fase de grupos.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA X FRANÇA

Local : Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia)
Data : 23 de junho de 2012, sábado
Horário : 15h45 (de Brasília) 
Árbitro : Nicola Rizzoli (Itália)
Assistentes : Renato Faverani e Andrea Stefani (ambos da Itália)
Assistentes adicionais : Gianluca Rocchi e Paolo Tagliavento (ambos da Itália)

ESPANHA : Casillas; Arbeloa, Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba; Busquets, Xabi Alonso, Xavi, Iniesta e David SIlva; Fernando Torres (Fábregas). Técnico : Vicente Del Bosque. 

FRANÇA : Lloris; Debuchy, Rami, Koscielny e Clichy; Cabaye, A. Diarra, Nasri e Ribéry; Menez e Benzema. Técnico : Laurent Blanc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.