Tamanho do texto

Nos vestiários, elenco exaltou classificação e celebrou revés são-paulino na Copa do Brasil

Leandro Castán e Neymar
AP
Leandro Castán e Neymar

A alegria dos jogadores do Corinthians na noite de quarta-feira veio em dobro após a classificação inédita para a final da Libertadores conquistada contra o Santos .

A notícia vinda de Curitiba, onde o São Paulo perdeu para o Coritiba e foi eliminado da Copa do Brasil, também causou euforia entre os corintianos, garantidos na decisão da Libertadores contra Boca Juniors ou Universidad de Chile que se enfrentam nesta quinta-feira.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

“O clima no vestiário foi mágico. Estava todo mundo eufórico, muito feliz por essa cãossificação. E quando chegamos ao vestiário nos falaram que a noite foi perfeita porque o São Paulo perdeu também”, disse o zagueiro Leandro Castán.

“isso é normal pela rivalidade, é uma coisa sadia, e parabéns ao Coritiba por ter chegado à final”, completou o zagueiro.

Leia ainda: Corinthians evita escolher adversário da final

O Corinthians agora tem uma semana antes da primeira partida da final, fora de casa. Antes, no domingo, a equipe enfrenta o Palmeiras, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. “Todo mundo quer jogar, é um clássico, mas temos de pensar lá na frente”, disse o volante Paulinho. O Corinthians ainda não venceu no Brasileirão.

Veja mais: Danilo leva o time à final e justifica apelido de 'Mr. Libertadores'


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.