Tamanho do texto

Volante do Santos afirmou que a equipe entrará ainda com mais vontade para se classificar após perder o jogo de ida, na Vila Belmiro

A derrota para o Corinthians, na Vila Belmiro, no jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores da América, deixou o Santos com ainda mais vontade para dar a volta por cima contra o rival, na próxima quarta-feira, a partir das 21h50 (horário de Brasília), no Pacaembu. O volante Arouca , por exemplo, prevê uma equipe ainda mais aguerrida diante do Timão, que joga pela vantagem do empate para chegar à final do torneio.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Arouca afirma que os santistas estão mordidos após derrota no jogo de ida
Divulgação
Arouca afirma que os santistas estão mordidos após derrota no jogo de ida

"Sabemos que o conjunto deles é muito forte, pois o Corinthians é uma equipe muito bem treinada, tanto que demonstraram isso na Vila. Mas acredito que vamos ter mais espaços no Pacaembu. Além disso, todos nós ficamos ‘mordidos’ com a derrota. Sabemos que alcançar esse resultado é difícil, porém, nós temos plenas condições de reverter", afirmou o meio-campista, confiante em um triunfo que leve o Peixe para mais uma decisão de Libertadores.

Leia mais:  Pelé acredita na vitória do Santos, mas pede time ofensivo contra Corinthians

Caso os santistas ganhem por 1 a 0, a definição da vaga sairá nas cobranças de pênaltis. Entretanto, o Alvinegro Praiano se qualifica direto para a final caso conquiste uma vitória por qualquer outro placar. O empate dá a classificação para os corintianos.

"Por que não podemos ir lá e vencer? Temos chances. Vai ser uma partida muito mais difícil do que a primeira, só que foi como eu disse: vamos estar mais preparados e ‘mordidos’ dessa vez. Agora, nós precisamos ter calma. Não adianta queremos dar dois passos de uma vez, temos que dar o primeiro passo antes. É preciso ter a cabeça no lugar", comentou Arouca .

Confira ainda:  Muricy testa Borges no lugar de Elano para jogo decisivo contra o Corinthians

Questionado se teria imaginado marcar o gol que poderia levar o Santos para a decisão da Copa Libertadores, como aconteceu quando sonhou em marcar um gol na final do Paulistão do ano passado - o volante abriu o caminho para a vitória, justamente diante do Timão -, Arouca destacou que essa ideia não fez parte dos seus pensamentos nos últimos dias.

Apesar disso, o jogador prometeu foco total para ajudar o Peixe a reverter a vantagem do adversário e seguir vivo na briga pelo seu quarto título na história da Libertadores. "Esse ano não sonhei (com gol), mas penso em me dedicar bastante, para ajudar o Santos a conseguir essa tão sonhada classificação. Os torcedores querem e nós, muito mais ainda, podem ter certeza. Não temos como falar que vamos sair classificados do Pacaembu, porém, nós iremos fazer o possível e o impossível para que isso aconteça. Com todo o respeito ao Corinthians, mas vamos com tudo", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.