Tamanho do texto

Atacante do Corinthians é o mais provável substituto de Emerson, expulso no jogo de ida contra o Santos

O jogo de domingo do Corinthians contra a Ponte Preta será decisivo para Willian . O camisa 7 corintiano terá no Campeonato Brasileiro oportunidade de convencer o técnico Tite que merece a vaga em aberto no ataque diante do Santos (em função da expulsão de Emerson), na semifinal da Copa Libertadores. O desejo de voltar ao time é tanto que ele se dispõe a atuar fora de posição.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores 

Willian deve ser o substituto de Emerson contra o Santos, na quarta
Gazeta Press
Willian deve ser o substituto de Emerson contra o Santos, na quarta

"Não me colocando de goleiro, de resto a gente vai em tudo. Em um jogo desse não tem muito o que escolher. Onde me colocar, vou tentar fazer minha parte e corresponder à altura", disse o jogador de 1,71m, que chegou a ser improvisado de pivô no lugar de Liedson, nas oitavas de final do torneio sul-americano, mas não agradou.

Leia mais:  Oferta de R$ 26 milhões da Rússia não seduz Paulinho a deixar o Corinthians

"Contra o Emelec, joguei em uma função diferente e não devo ter agradado porque não fiz gol, mas me movimentei super bem, brigando ali na frente. Meu porte físico não é tão privilegiado, mas em nenhum momento desisti das jogadas, sofri bastante falta. Infelizmente gol vale muito, e isso não aconteceu. Respeito o treinador", justificou-se.

Confira ainda:  Corinthians promete manter postura mesmo após primeiro gol fora

No treino coletivo desta sexta-feira, Willian iniciou como titular e foi para a equipe de baixo na segunda metade da atividade. A intenção da comissão técnica é dar ritmo de jogo ao atacante em Campinas, mas sem excesso, já que ele pode ser, de fato, o substituto de Emerson na quarta-feira, diante do Santos.

"Meu foco é esse jogo de domingo, mas estou preparado (para encarar o Santos). Se a oportunidade aparecer, vou ficar feliz. Vou tentar fazer um bom jogo e mostrar que tenho condição de entrar em campo na quarta-feira. Se ele optar por mim, vou tentar corresponder à altura", comentou o atacante, que tem cinco gols na temporada, todos durante o Campeonato Paulista.

Antes de reencontrar a equipe da Vila Belmiro, o Corinthians enfrenta a Ponte Preta às 18h30 (de Brasília) de domingo, no Moisés Lucarelli. As duas equipes ainda não venceram no Brasileiro, campeonato no qual o time da capital soma um ponto e ocupa a última colocação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.