Tamanho do texto

Com dois gols de Fernando Torres, seleção espanhola não teve dificuldades para impor a maior goleada da competição até agora, 4 a 0

Fernando Torres abre o placar para a Espanha com chute forte por cima do goleiro
Getty Images
Fernando Torres abre o placar para a Espanha com chute forte por cima do goleiro

A Espanha não deu chances à Irlanda e venceu o confronto por 4 a 0, assumindo a liderança do grupo C e eliminando o adversário da Euro 2012 . Com a vitória, a Fúria acumulou 8 jogos de invencibilidade na competição (a última derrota foi para Portugal, na primeira fase da Euro 2004)

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Liderada por Xavi e Iniesta , a Espanha não encontrou dificuldades para impor seu estilo de jogo de muito toque e praticamente não deixou a seleção irlandes chegar ao ataque.O nome da partida foi o contestado atacante Fernando Torres, que marcou duas vezes e saiu aplaudido do jogo. Os outros gols espanhois foram de David Silva e Cesc Fábregas.

Leia mais: Itália cede empate para Croácia e segue sem vencer na Euro 2012

Com o resultado, a Irlanda, até agora sem pontos, não tem mais chances de se classificar para a fase eliminatória da Euro 2012 e só pode tentar atrapalhar a classificação da Itália na última rodada.

Já a Espanha foi para 4 pontos e, pelo saldo de gols, passou a Croácia, assumindo a liderança do grupo. Agora, enfrentará justamente o time croata para decidir a classificação para a fase final.

Veja também: Uefa multa Alemanha e Portugal por incidentes em jogo da Eurocopa

O jogo

O jogo começou intenso com Fernando Torres abrindo o placar para a Espanha logo aos 4 minutos, com belo chute cruzado de dentro da área.

Torcedores irlandeses ficam apreensivos após primeiro gol espanhol
Getty Images
Torcedores irlandeses ficam apreensivos após primeiro gol espanhol

Com Iniesta e Xavi, os espanhóis logo impuseram seu conhecido jogo de muito toque e posse de bola. A Irlanda até tentava um ou outro contra ataque, mas ficava na maior parte do tempo com o time inteiro recuado deixando o domínio de jogo com a seleção da Espanha.

E ainda: Empate decepciona Pirlo, que não comemora prêmio de melhor em campo

Durante todo o primeiro tempo, a Irlanda mal tocou na bola e passou longe de qualquer chance de gol. Já a Espanha estava sempre cercando a área irlandesa e até criou boas chances, principalmente com Fernando Torres, mas acabava esbarrando no fechado time adversário e na boa atuação do goleiro Given.

Depois do intervalo, os dois times voltaram do mesmo jeito e a Irlanda continuou fazendo o que conseguia para segurar o bom futebol espanhol. Aos 2 minutos, Arbeloa recebeu livre para chutar, mas mandou na mão de Given . Apenas um minuto depois, David Silva , tocou rasteiro no canto direto do gol irlandês e ampliou para a Fúria, 2 a 0.

Com o segundo gol a Espanha deu um pouco mais de espaço para a Irlanda, mas a falta de vocação ofensiva do time impedia que a maior liberdade se traduzisse em chances de gol. Aos 26 minutos, Fernando Torres marcou mais um batendo na saída do goleiro.

Com o time irlandês rendido, ainda deu tempo de Fábregas chutar forte sem ângulo e marcar um gol para fechar a maior goleada da Euro 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.