Tamanho do texto

Chileno se reapresenta nesta terça-feira ao time alviverde, mas quer voltar ao seu país natal

Segundo seu irmão, Valdivia não quer mais ficar no Palmeiras e vai pedir para deixar o clube
AE
Segundo seu irmão, Valdivia não quer mais ficar no Palmeiras e vai pedir para deixar o clube

Após ser vítima de um sequestro relâmpago na última quinta-feira , o meia Valdivia viajou para o Chile com sua família e não deu certeza se voltará a jogar pelo Palmeiras . O camisa 10 confirmou que vai se reapresentar ao clube nesta terça-feira, mas seu irmão, Claudio Valdivia, disse que o jogador deve pedir para deixar o clube.

Você gostaria que Valdivia ficasse ou deixasse o Palmeiras? Comente!

"Jorge vai conversar com os dirigentes e pretende chegar a um acordo, porque ele não está bem. Ele irá ao Brasil com o nosso pai para negociar", disse Claudio, em entrevista à "ADN Rádio Chile". Segundo seu irmão, Valdivia  viajará ao Brasil acompanhado do pai para chegar a um acordo e deixar o time do Palestra Itália.

VEJA TAMBÉM:  Marcos revela ameaças de morte a Valdivia durante sequestro

A reapresentação de Valdivia estava marcada para esta segunda, mas ele foi liberado pela diretoria para retornar na terça. Daniela, esposa e vítima de sequestro ao lado do camisa 10, já afirmou que não voltará a morar no Brasil por medo da violência. Valdivia até afirmou que contrataria seguranças, mas deixou claro que vai priorizar a vontade da família.

CONFIRA AINDA:  Após sequestro, Valdivia põe em dúvida permanência no Palmeiras

Valdivia tem contrato no Palmeiras até 2015, e a diretoria não acredita na possibilidade de o jogador pedir para se transferir.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.