Tamanho do texto

Russos estreiam contra os tchecos na tentativa de repetir o feito atingido em 2008 em grupo equilibrado

Arshavin foi  o grande destaque da Rússia na Euro 2008 e segue como esperança dos russos para a competição
AP
Arshavin foi o grande destaque da Rússia na Euro 2008 e segue como esperança dos russos para a competição

Surpresa da última edição da Eurocopa , quando eliminou a Holanda nas quartas de final e só foi derrotada pela campeã Espanha na fase seguinte, a Rússia terá seu primeiro desafio pela competição de seleções mais importante do continente nesta sexta-feira, às 15h45 (de Brasília), diante da República Tcheca, pelo Grupo A, no estádio municipal de Worclaw, na Polônia.

A Rússia vai surpreender novamente na Eurocopa? Deixe o seu comentário 

As duas seleções se enfrentam logo após a partida inaugural, que será entre a anfitriã Polônia e a Grécia, campeã de 2004. Nem Rússia e nem República Tcheca já levantaram a taça do Campeonato Europeu de Futebol, mas os tchecos tiveram performance superior, atingido a decisão de 1996 diante da Inglaterra e a semifinal de 2004.

Leia mais:  No grupo mais equilibrado, Polônia e Grécia abrem a 14ª Eurocopa

Os russos chegaram à fase semifinal em 2008 e seguem em fase ascendente no continente, visando à disputa da Copa do Mundo de 2018, quando serão anfitriões. O único confronto entre as duas seleções na história foi em 1996, justamente pela Eurocopa. Em Liverpool, na Inglaterra, a República Tcheca precisava de apenas um ponto para se classificar no Grupo C e obteve a marca com um empate por 3 a 3 diante da Rússia. 

Confira ainda: iG analisa as 16 seleções da Euro 2012 

Dentro de campo, a fase da Rússia é superior, com oito partidas em sequência sem perder, sendo seis vitórias e dois empates - oito gols marcados e nenhum sofrido. Além de Arshavin, meia do Arsenal, a equipe do técnico Dick Advocaat deposita as esperanças em Shirokov, que vem em boa fase no Zenit e principalmente em Roman Pavlyuchenko, do Lokomotiv, que foi artilheiro da equipe na surpreendente campanha de 2008.

Cheerleaders russas animam o público da Euro
AP
Cheerleaders russas animam o público da Euro

"Temos que vencer na sexta a todo custo. Teremos uma missão complicada para chegar aos mata-matas. Para isso temos que vencer. Claro que será tão complicado agora que o futebol europeu ficou tão nivelado, mas temos que conseguir essa vitória de qualquer jeito", pontuou Pavlyuchneko.

Acompanhe tudo sobre a Euro 2012 pelo aplicativo iG Futebol

Do lado da República Tcheca, o temor pelas lesões é semelhante e pode tirar o atacante Milan Baros, do Galatasaray, do confronto. O jogador, artilheiro da Eurocopa de 2004, sofreu um estiramento na coxa direita e deu dor de cabeça ao técnico Michael Bilek, que ainda nem definiu o substituto. Pekhart e Lafata são opções, mas Bilek não descarta mudança de esquema.

A boa notícia fica por conta do retorno do capitão Rosicky, jogador do Arsenal, e principal nome da República Tcheca na Eurocopa-2012. Além do meio-campista, recuperado de lesão, Bilek conta com nomes desconhecidos, mas confia na boa fase do goleiro Petr Cech, vencedor da Liga dos Campeões da Europa pelo Chelsea. "Não somos favoritos a nada, mas a surpresa pode fazer a diferença. É como o Chelsea", comparou o goleiro.

Veja fotos das camisas das seleções da Euro 2012: 

FICHA TÉCNICA
RÚSSIA x REPÚBLICA TCHECA

Local : estádio municipal de Worclan, na Polônia
Data : 8 de junho de 2012, sexta-feira
Horário : 15h45 (de Brasília)
Árbitro : Howard Webb (Inglaterra)
Assistentes : Michael Mullarkey e Peter Kirkup (ambos da Inglaterra)

RÚSSIA : Akinfeev (Malafeev); Anyukov, Igna'vich, Berezutskiy e Zhirkov; Shirokov, Denisov, Arshavin e Izmailov; Kerzhakov e Pavlyuchenko 
Técnico : Dick Advocaat

REPÚBLICA TCHECA : Cech; Selassie, Sivok, Kadlec e Rajtoral; Plasil, Jiracek, Rezek, Rosicky e Pilar; Thomas Pekhart
Técnico : Michael Bilek

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.