Tamanho do texto

Árbitro Marcelo de Lima Henrique foi convidado para entregar a redonda ao atacante do Flu

O Campeonato Carioca terminou no último domingo, mas a "novela" sobre quem ficaria com a bola da decisão do Estadual só acabou na manhã desta terça-feira. O roteiro começou logo após o apito final. Após negar o pedido do atacante Rafael Moura , que queria ficar com o objeto como recordação, e postar uma foto no Facebook , provocando o jogador, o árbitro Marcelo de Lima Henrique, arrependido, foi até as Laranjeiras para presentear o centroavante do Fluminense .

Quem deveria ter ficado com a bola? Deixe seu comentário!

Árbitro e Rafael Moura chegaram a um acordo
Renan Rodrigues
Árbitro e Rafael Moura chegaram a um acordo
Na festa do estadual, na última segunda-feira, Marcelo de Lima Henrique levou a bola para tentar entregar ao atacante do Flu, mas Rafael Moura foi uma das muitas ausências na premiação. O apitador, que foi escolhido melhor árbitro do torneio, foi convidado para fazer a entrega pessoalmente, em uma cena um tanto embaraçosa.

LIBERTADORES: Flu enfrentará o Boca sem seus melhores jogadores na temporada

A bola já tinha a assinatura de Marcelo de Lima Henrique, com a data da partida. O "He-Man" inicialmente recusou o objeto, na frente das câmeras, mas depois de insistência, acabou aceitando a bola, quando foi informado de que o árbitro também receberia uma da empresa fabricante.

OS MELHORES: Vasco domina premiação do Carioca e 'mela' festa do Flu

“Esta história já me gerou um constrangimento. Não quero mais. A bola é só um objeto. Ele foi o árbitro da partida, e o Fluminense foi o campeão carioca”, disse, para depois aceitar a redonda. “Vai ganhar uma também? Mesmo? Então, obrigado”, disse.

Ajude o Fluminense a aumentar sua torcida virtual