Tamanho do texto

Técnico Abel Braga disse que jogadores terão que sofrer muito para que todos entrem em forma

Muito suor, mas bola mesmo só do lado de fora do campo. Foi desta maneira que o Fluminense iniciou a pré-temporada em um hotel na cidade de Mangaratiba, na Costa Verde do estado, na tarde desta quinta-feira. O grupo se reapresentou com 35 jogadores, sendo quatro goleiros e 31 atletas de linha, e realizou corridas durante cerca de duas horas, em um circuito montado pelo preparador físico Cristiano Nunes.

Mercado da Bola: Veja as últimas transferências dos clubes brasileiros

Do lado de fora, enquanto o técnico Abel Braga conversava com seus comandados no círculo central, hóspedes do hotel Portobello, onde o grupo está concentrado, 'tietavam' os jogadores. Até mesmo crianças com as camisas do Flamengo, Vasco e até do River Plate, da Argentina, gritavam o nome dos atletas e pediam autógrafos aos jogadores. Abel Braga comentou o primeiro dia de trabalho e prometeu muito 'sofrimento' para seus comandados.

Leia mais: Flu começa pré-temporada com elenco 'inchado' e tenta negociações

Jogadores começaram a pré-temporada com corridas leves e muita conversa
Photocamera
Jogadores começaram a pré-temporada com corridas leves e muita conversa

"Primeiro é bom reencontrar todos, conversamos com eles que esse é o momento mais importante do ano, que sofrem mesmo, é terrível, mas eles têm que ter consciência disso, chegar ao limite. Tem que sofrer e vão sofrer, porque tudo que sofrer agora, vão colher lá na frente", declarou o treinador do Fluminense.

Veja mais: São Paulo aceita oferta e Jean deve ser o próximo reforço do Fluminense

Apenas o goleiro Léo e o zagueiro Gum treinaram em separado, dando voltas leves. Nos próximos dias, o volante Jean e o lateral-esquerdo Thiago Carletto devem se juntar ao restante do grupo. O primeiro já assinou contrato nesta quinta, enquanto o segundo define apenas os últimos detalhes do seu acordo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.