iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/12 - 16:26

"Ganso não jogou menos que o Conca", diz Mano Menezes sobre craque do Brasileirão
Segundo o técnico, no ano, o santista fez uma temporada parecida com a do meia argentino do Fluminense

Paulo Passos, iG Rio de Janeiro

“Destacamos os argentinos porque nosso coração é bondoso”. A frase, dita em tom de brincadeira, foi a explicação encontrada pelo técnico da seleção brasileira para Conca ter sido escolhido o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. O meia venceu o título com o Fluminense e foi premiado como destaque da competição. O argentino levou a Bola de Ouro da revista Placar e o craque do Brasileiro, organizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Mano Menezes elogiou o meia do Fluminense, mas fez questão de dizer que Paulo Henrique Ganso fez uma temporada tão boa quando à do argentino. “Não acho que o Ganso tenha jogado menos que o Conca”, afirmou o treinador.

“Temos que ter um pouco de cuidado na avaliação. Até quando ele esteve jogando, a gente pode dizer que os dois fizeram temporadas parecidas. Temos que ter um pouco de cuidado na avaliação. Contamos com excelentes jogadores e vamos saber utilizar isso bem”, explicou o técnico..

O camisa 10 do Santos se lesionou em agosto e desfalcou o time até o final da competição. Antes, ele foi convocado para a estreia de Mano Menezes na seleção brasileira, na vitória de 2 a 0 sobre os Estados Unidos.

Torcendo pelos brasileiros

O técnico da seleção também manteve o discurso de patriota quando comentou a situação dos dois times brasileiros que disputam títulos internacionais nesse final de ano. Ele afirmou que acredita na conquista da Copa Sul-Americana pelo Goiás e no Mundial pelo Inter.

“O Goiás, apesar de ser rebaixado, surpreendeu na Sul-Americana e eliminou adversários fortes. Tem condições de vence o título”, afirmou. O time de Goiânia enfrenta o Independiente, nesta quarta-feira, na Argentina. A equipe venceu a primeira partida por 2 a 0.

Já o Inter estreia no Mundial de clubes na próxima terça-feira. “Eles se prepararam bem. A partir de um momento no Brasileiro voltaram suas atenções para o Mundial e isso faz diferença”, afirmou Mano Menezes.

Ao fazer uma análise do torneio, o técnico começou a falar sobre a possibilidade de um confronto com a Internazionale, de Milão, mas interrompeu a resposta e lembrou que o clube gaúcho ainda precisa enfrentar o Pachuca, do México, nas semifinais. “Falo pela probabilidade maior. Tem que cuidar para não tropeçar no Pachuca. Sempre aparece uma pedra menor quando a gente se descuida”, alertou.


Leia mais sobre: mano menezes seleção brasileira paulo ganso conca

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, dá palestra durante evento no Rio de Janeiro

Mano Menezes
Técnico da seleção defende que Paulo Ganso foi tão bem quanto Conca no último Brasileiro

Topo
Contador de notícias