iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/12 - 22:44

Vaiado, Ricardo Teixeira defende sistema de pontos corridos no Brasileiro

Presidente da CBF destacou merecimento do Fluminense durante prêmio dos melhores do Brasileirão

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro

Vaiado durante boa parte de seu discurso na entrega do prêmio dos melhores do Campeonato Brasileiro de 2010, na noite desta segunda-feira, no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro, o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, aproveitou o momento para defender o modelo de pontos corridos. Desde 2003, a competição é disputada nesse sistema.

"O futebol brasileiro vive um momento muito bom. O Fluminense foi campeão e pode provar que futebol verdadeiramente se ganha dentro de campo. O modelo de pontos corridos está consolidado", declarou o dirigente. Além disso, Teixeira também comemorou a escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, elogiando as ações do governo do presidente Lula.

Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, dirigentes e jogadores deram declarações sobre a possibilidade de times rivais perderem seus jogos propositalmente para prejudicar o adversário. O presidente do Corinthians, André Sanchez, chegou a dizer que a equipe nunca 'entregou' uma partida para prejudicar um rival, mas que o goleiro Felipe, atualmente no Braga, teria feito isso na partida contra o Flamengo, no ano passado.

O presidente da CBF ouviu provocações e vaias durante boa parte do evento. "Você fechou o Maracanã. Tentou roubar o Muricy", gritavam torcedores nas poltronas do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Quando os prêmios começaram a ser entregues, Teixeira subiu para um camarote, ao lado do presidente Lula, do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do prefeito do Rio, Eduardo Paes e do Ministro dos Esportes, Orlando Silva.


Leia mais sobre: CBF Ricardo Teixeira Fluminense

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura

Ricardo Teixeira defendeu pontos corridos

Ricardo Teixeira
O presidente da CBF defendeu o sistema de pontos corridos no Campeonato Brasileiro

Topo
Contador de notícias