iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/12 - 20:28

Título do Fluminense repercute na imprensa internacional
Diário argentino "Olé" exaltou o compatriota Conca com a manchete "Concampeón". Site da Fifa também destacou a conquista: "Brasil em verde, branco e grená"

Mário André Monteiro, iG São Paulo

O Fluminense conquistou, neste domingo, o título do Campeonato Brasileiro de 2010 com a vitória de 1 a 0 sobre o Guarani, no Engenhão. O segundo título da história do clube carioca foi assunto também nos principais sites de notícias do mundo todo.

O diário argentino "Olé" estampou em sua página inicial a manchete "Concampeón", exaltando a participação do meio-campista Darío Conca na conquista do Fluminense. A notícia citou também que o Cruzeiro de Farías e Montillo ficou com o vice-campeonato, à frente do Corinthians, de Defederico.

Na Itália, o "La Gazzetta dello Sport" escreveu que "Ronaldo não faz milagre e o Fluminense é campeão no Brasil". Segundo o diário, o atacante ex-Milan e Inter de Milão não levou o Corinthians à vitória contra o Goiás, enquanto o Flu fez a lição de casa contra o Guarani. Os italianos também reconheceram que Conca foi o nome do título. "A festa é do argentino, que jogou todas as 38 partidas do torneio".

Reprodução
Italiana La Gazzetta dello Sport diz que "Ronaldo não faz milagre"

O espanhol "AS" fez um relato completo da partida e destacou a dificuldade que o Fluminense teve para derrotar o Guarani em casa. "Emerson, aos 19 minutos do segundo tempo, marcou no Engenhão e levou ao delírio os 40 mil torcedores presentes, que não viam sua equipe ser campeã brasileira desde 1984", disse a reportagem.

Já a revista inglesa "Four Four Two" não deu muita ênfase para a vitória do Flu em sua página na internet. Uma pequena matéria conta que o time conquistou o título neste domingo e destaca que Muricy Ramalho venceu quatro dos últimos cinco Brasileirões - 2006 a 2008 pelo São Paulo e agora em 2010.

"Brasil em verde, branco e grená". Essa foi a manchete que o site da Fifa estampou na noite de domingo, em alusão às cores do Fluminense. "Foram 61 minutos de tensão, com o grito preso na garganta e o ouvido colado no radinho, acompanhando os jogos dos rivais Corinthians e Cruzeiro. Só aos 16 minutos do segundo tempo o gol de Emerson permitiu explodir a comemoração que a torcida tricolor guardava por 26 anos", diz a reportagem.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Olé

"Concampeón"
Olé, da Argentina, destacou que Conca foi o grande nome do Flu na conquista do Brasileirão

Topo
Contador de notícias