iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/11 - 19:04

Brasiliense vence a Ponte Preta e alimenta esperanças de escapar da queda

Time do técnico Andrade, campeão da Série A com o Flamengo em 2009, está na 17ª colocação, com 43 pontos

Gazeta Esportiva

Um gol de Adrianinho aos 44 minutos do segundo tempo alimentou as esperanças do Brasiliense de escapar do rebaixamento. Ex-atleta da Ponte Preta, o jogador está voltando aos gramados depois de quase um ano parado em razão de lesões e foi o responsável pela vitória do Jacaré sobre a Macaca: 2 a 1.

Além de vencer seu compromisso, a equipe do Distrito Federal precisa torcer contra o Vila Nova - que tem os mesmos 43 pontos e encara o São Caetano - ou contra o Guaratinguetá - que tem 44 pontos e encara o campeão Coritiba, no Couto Pereira.

O Brasiliense encerra sua participação na Segundona contra o América-RN, que também luta contra a queda, no Machadão. Já a Ponte Preta, detentora da pior campanha do segundo turno, joga contra o América-MG, que está na briga pelo acesso. Todos os jogos serão no próximo sábado, às 17 horas (de Brasília).

O jogo - Uma vitória era essencial para o Brasiliense. Sendo assim, o time da casa tomou a iniciativa de ir ao ataque desde o início do jogo, mas não conseguiu criar grandes lances de perigo ao gol defendido por Gilson. Por sua vez, a Macaca apostava em um trio de zagueiros, já que o volante Guilherme atuou mais recuado, ao lado de Naldo e Diego Jussani.

A primeira delas aconteceu só aos 31 minutos de bola rolando e foi muito bem aproveitada. Após cobrança de falta de Dieguinho, a zaga afastou parcialmente e o zagueiro Fábrio Braz ficou com a sobra para girar e abrir o placar.

Em desvantagem, a Ponte Preta finalmente passou a trocar passes com objetividade e armou boas jogadas. Na melhor delas, William recebeu de Daniel Lovinho em contra-ataque, tentou driblar o goleiro Eduardo e acabou desarmado, adiando o gol de empate, que sairia aos três minutos do segundo tempo: Souza cobrou falta, a bola atravessou a área e o zagueiro Naldo empurrou para as redes.

Após o empate, o time visitante teve boas chances para matar o jogo e chegou a acertar uma bola na trave com Daniel Lovinho. Para evitar a virada, Andrade apostou na entrada de dois jogadores que já passaram pela Ponte Preta: Adrianinho e Danilo Portugal, que ganharam as vagas de Adriano Felício e Luciano Totó.

Quando o time mais se aproximava do segundo gol, Pirão foi expulso após fazer falta dura em Adrianinho. Givanildo Oliveira colocou o zagueiro Renan no lugar de Souza para acertar o sistema defensivo da Ponte, mas o jogador também exagerou na força em jogada com Ferrugem e também foi expulso.

O Brasiliense foi ao ataque, pressionou e só conseguiu o gol da vitória aos 44 minutos. Adrianinho arriscou da entrada da área, contou com o desvio e deu números finais ao jogo. Emocionado, o jogador deixou o campo derramando lágrimas.

FICHA TÉCNICA
BRASILIENSE 2 x 1 PONTE PRETA

Local:
Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF)
Data: 20 de novembro de 2010, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Assistentes: Adnilson da Costa Pinheiro e Eduardo Gonçalvez da Cruz (ambos do MS)
Cartões Amarelos: Ruy, Santiago (Brasiliense); Pirão, William, Guilherme, Escobar e Souza (Ponte Preta)
Cartões Vermelhos: Pirão e Renan (Ponte Preta)

Gols: BRASILIENSE: Fábio Brás, aos 31 minutos do primeiro tempo, e Adrianinho, aos 44 minutos do segundo tempo; PONTE PRETA: Naldo, aos três minutos do segundo tempo.

BRASILIENSE: Eduardo; Ruy, Santiago, Fábio Braz e Dieguinho; Ferrugem, Luciano Totó (Danilo Portugal), Adriano Felício (Adrianinho) e Thiaguinho (Bebeto); Djavan e Aloísio Chulapa.
Técnico: Andrade

PONTE PRETA: Gilson; Eduardo Zamarioli, Naldo, Diego Jussani e Bruno Collaço; Guilherme, Souza (Renan), Pirão e Pablo Escobar; Daniel Lovinho (Reis) e William (Genilson).
Técnico: Givanildo de Oliveira


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias