iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/10 - 18:47

Exame antidoping de zagueiro do América-RN acusa substância presente na maconha

Enquanto aguarda o julgamento, Luizão está preventivamente suspenso por 30 dias. Exame foi realizado dia 11 de setembro

Gazeta Esportiva

Como se já não bastasse a penúltima colocação na Série B do Campeonato Brasileiro, o América-RN terá de lidar com mais um problema. Um exame antidoping acusou a presença de cannabinoids/THC, substância que compõe a maconha, no organismo do zagueiro Luizão. Enquanto aguarda o julgamento, o jogador está preventivamente suspenso por 30 dias.

O exame foi realizado no dia 11 de setembro, após a derrota do Mecão para o São Caetano, por 1 a 0. De acordo com o site Justiça Desportiva, o defensor deve ser denunciado com base no artigo 2.1 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (presença de uma substância proibida ou de metabólicos em uma amostra colhida do atleta) e corre o risco de ser suspenso por até dois anos.

Situação parecida vive o goleiro Renê, do Bahia. Também flagrado no exame, pelo uso de furosemida, o arqueiro levou um gancho de dois anos. Ele será novamente julgado e não conseguiu obter efeito suspensivo para poder jogar enquanto aguarda o novo parecer do tribunal.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias