iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/10 - 22:02

Renê será julgado novamente e pode ter suspensão ampliada para dois anos

Punição determinada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ao goleiro do Bahia, em julgamento realizado na última terça, foi de um ano

Gazeta Esportiva

Punido por uso de doping, o goleiro Renê, do Bahia, ainda não sabe se ficará afastado dos gramados por um ano, tempo de gancho determinado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em julgamento realizado na última terça-feira. O atleta será julgado novamente e pode ter a pena reduzida ou ampliada.

Segundo o site Justiça Desportiva, a Procuradoria do STJD entrou com recurso solicitando que o jogador fique afastado dos gramados por dois anos, enquanto os advogados do Bahia solicitam a redução da sanção baseados em julgamentos de casos semelhantes.

Um bom exemplo é o botafoguense Jobson, que foi suspenso por dois anos por uso de crack e ficou apenas seis meses longe dos gramados. Em 2009, os zagueiros Cláudio Luiz e Ailson, que defendiam o Brasiliense, usaram um medicamento para aliviar dores de cabeça e acabaram flagrados pelo exame antidoping. Ambos foram inicialmente suspensos por 60 dias, mas as penas foram convertidas para doação de cestas básicas.

O exame realizado em Renê detectou a presença de Furosemida no organismo do jogador, que alega ter tomado um remédio para dor de cabeça que continha a substância proibida. Ele foi enquadrado no artigo 2.1 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), chorou durante o julgamento, mas não conseguiu sensibilizar os auditores do tribunal. 


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias