iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/10 - 18:39

Arsenal dá show, goleia Shakhtar e fica perto da classificação no grupo H

Time inglês fez 5 a 1 em casa pela Liga dos Campeões. Eduardo marcou pela equipe ucraniana e foi aplaudido em Londres. Braga venceu Partizan com gol brasileiro

Gazeta Esportiva

Franco favorito no grupo H da Liga dos Campeões da Europa, o Arsenal vem confirmando a sua superioridade dentro de campo. Nesta quarta-feira, atuando em Londres, o clube inglês goleou o Shakhtar Donetsk por 5 a 1, com gols de Song, Nasri, Fabregas, Wilshere e Chamakh e manteve os 100% de aproveitamento no torneio. O gol de honra da equipe visitante foi marcado pelo brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva, que foi aplaudido de pé pela torcida de seu ex-clube.

Agora, o time inglês tem nove pontos em três partidas, pontuação que deixa a equipe muito próxima da classificação para as oitavas de final. Já o Shakhtar, com seis pontos, manteve o segundo lugar do grupo, e está bem na briga por uma das duas vagas.

Com a vitória o Arsenal manteve a fama de fazer muitos gols no grupo, uma vez que nas duas primeiras rodadas a equipe não tinha encontrado muitas dificuldades para bater o Braga (goleada por 6 a 0) e o Partizan Belgrado (vitória por 3 a 1).

Nesta quarta-feira, apesar da melhor qualidade técnica do Shakhtar em relação aos outros integrantes do grupo, os Gunners aproveitaram as falhas do sistema defensivo do time ucraniano e abriram dois gols de vantagem logo na primeira etapa, tendo tranquilidade para transformar a vantagem em mais uma goleada inapelável no segundo tempo.

Na próxima rodada o Arsenal visitará o Shakhtar no dia 3 de novembro e, dependendo de uma combinação de resultados, a equipe inglesa já poderá sair de Donetsk classificada.

O jogo
A partida começou muito disputada no meio de campo. Apesar de o Shakhtar tentar construir algumas jogadas nos minutos iniciais, o Arsenal passou a dominar a partida já depois dos dez minutos iniciais. Para facilitar as coisas, uma falha do goleiro do clube ucraniano fez com que o time da casa abrisse o placar aos 18 minutos

Após escanteio cobrado por Nasri, Chamakh cabeceou nas mãos do goleiro Pyatov, mas o arqueiro não conseguiu agarrar a bola. Na confusão, a jogada sobrou para o zagueiro camaronês Alexander Song que, de letra, botou a bola para o fundo das redes. Mesmo em posição duvidosa, o autor teve seu gol validado.

O gol animou os donos da casa e acuou o Shakhtar, que passou a sofrer intensa pressão. Aos 23 minutos, Nasri invadiu a área e soltou uma bomba que Pyatov teve dificuldades para defender em dois tempos. Completamente dominado, o time ucraniano não conseguia sair da pressão do Arsenal, e o castigo pela passividade viria já no final da primeira etapa quando, aos 42 minutos, Song cruzou na área, a zaga falhou, e a bola sobrou para Nasri bater forte de perna esquerda para marcar o segundo gol dos ingleses.

No segundo tempo, o jogo seguiu sob controle da equipe inglesa, apesar de o Shakhtar ter levado perigo logo aos dois minutos em um chute cruzado do brasileiro Luiz Adriano, que o goleiro Fabianski espalmou.

Para facilitar as coisas para a equipe inglesa, o mesmo Luiz Adriano cometeu pênalti em Djorou aos 13 minutos. Na cobrança, o meia Fabregas, que não atuava pelo clube há algum tempo, bateu no ângulo direito do gol, sem chances para Pyatov.

O show do Arsenal continuou seis minutos depois em uma linda triangulação entre Chamakh, Rosicky e Wilshere, que terminou em um golaço do jovem jogador inglês. Aos 24 minutos, o time inglês marcou o seu quinto gol com Chamakh, que tocou na saída de Pyatov após receber lançamento de Nasri.

Porém, apesar da goleada, o lance mais emocionante da partida só viria aos 37 minutos da etapa final, quando o atacante brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva recebeu cruzamento de Jadson e bateu de perna esquerda para marcar o gol de honra dos ucranianos.

Como Eduardo já atuou pelo Arsenal, e teve o seu desempenho muito prejudicado por seguidas lesões, a torcida inglesa presente ao estádio não escondeu sua admiração pelo jogador e aplaudiu de pé o seu tento. Após o lance de emoção a partida caminhou para o final sem mais lances de perigo, e o Arsenal confirmou a sua grande fase na Liga dos Campeões da Europa.

Braga vence com gol brasileiro
No outro jogo do grupo H o Sporting Braga, de Portugal, venceu em casa o Partizan Belgrado, da Sérvia, por 2 a 0, com gols marcado pelos brasileiros Lima e Matheus. O clube português, aliás, entrou em campo com oito titulares brasileiros, entre eles o goleiro Felipe, ex-Corinthians.

Com o resultado o clube português marcou os seus primeiros pontos na competição, e agora ocupa a terceira colocação, com três pontos. O Partizan Belgrado, por sua vez, permanece sem pontuar na Liga dos Campeões da Europa, e corre sério risco de ser eliminado já na próxima rodada, que ocorrerá no dia 3 de novembro, novamente contra o Braga.


Leia mais sobre: Arsenal Shakhtar Donetsk Liga dos Campeões da Europa

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

arsenal_shakhtar_song

O gol de Song
Em posição duvidosa, camaronês superou o goleiro Pyatov no Emirates Stadium

Topo
Contador de notícias