iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 13:46

Pelé critica Neymar, direção do Santos e não poupa Maradona

Para ex-jogador, clube errou ao demitir Dorival Junior após queda de braço com o jovem atacante. Já argentino foi classificado como "mau exemplo" para crianças

Paulo Passos, iG São Paulo

Prestes a completar 70 anos - o aniversário acontece no dia 23 de outubro -, Pelé falou e não se negou a comentar os assuntos polêmicos envolvendo seu ex-clube nesta sexta-feira. Durante entrevista coletiva em São Paulo, o ex-jogador criticou a direção do Santos por demitir Dorival Júnior, em setembro, após o técnico afastar o atacante Neymar. 

“Acho que o que fizeram com o Dorival foi uma injustiça. Ele fez o que a diretoria do Santos pediu”, afirmou Pelé, que também criticou abertamente o jovem jogador. “Ele estava jogando mais para torcida e para a televisão do que para o time. Ele fazia muita firula, caía muito”, disse o ex-jogador.

Pelé elogiou a atitude do técnico da seleção brasileira que não convocou o jovem atacante santista para os últimos amistosos. “O Mano Menezes fez muito bem para o Neymar em não levá-lo. Eu liguei para ele, deixei recado elogiando. Foi uma tomada de posição boa para o Neymar”, afirmou.

Ainda sobre o atacante, Pelé brincou. “Eu falo com o Neymar algumas vezes e digo: você reclama do que, cara? Hoje em dia vocês jogam uma partida e todo mundo vê, ganham em um dia o que a gente ganhava no mês”, disse. “Esses garotos ainda têm que amadurecer”, completou.

Maradona, velho desafeto
Durante o evento, organizado pelo projeto social Programa Esportivo Lúdico Escolar, Pelé falou por mais de uma hora. Na entrevista, ele também foi perguntado sobre Maradona. O ex-camisa 10 da seleção brasileira afirmou que o argentino foi um grande jogador, mas não serve como exemplo para as crianças.

“Eu me surpreendo como as pessoas ficam fazendo comparações. Esse exemplo do Maradona, realmente, não é um modelo que a gente pretende para os jovens. Ele ganhou um presente de Deus e teve muita sorte. E apesar de tudo que fez, ainda dão emprego para ele”, afirmou Pelé.

Como sempre acontece quando fala com jornalistas, Pelé foi questionado sobre diversos temas, sem negar nenhuma resposta. No final da entrevista, um repórter perguntou quem será o campeão brasileiro. Bem humorado, o ex-jogador respondeu: “Deus não me falou ainda, quando falar eu digo para você”.


Leia mais sobre: Pelé Neymar Santos Mano Menezes

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Paulo Passos

pelé

Pelé
Ex-jogador criticou futebol de Neymar quando explodiu a crise no Santos: "Muita firula"

Topo
Contador de notícias