iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/10 - 18:16

Portuguesa leva três do Icasa e continua longe do G-4

Time do Canindé sofre segunda derrota seguida e está a oito pontos em relação ao Bahia, último integrante do G-4

Gazeta Esportiva

A Portuguesa começa a ficar em situação extremamente complicada na briga pelo acesso à elite do futebol nacional. Na reta decisiva da Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe sofreu a segunda derrota seguida. Depois de cair em casa para o Duque de Caxias, o time paulista perdeu na tarde desta terça-feira por 3 a 1 para o Icasa, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte.

O torcedor da Portuguesa ainda foi obrigado a ver uma gracinha do adversário. Autor de um dos gols do Icasa, o atacante André Neles, conhecido pelo apelido de Balada, balançou as redes e, de forma inexplicável, desceu as escadas em direção ao vestiário para comemorar.

Contudo, o destaque do Icasa foi o atacante Assisinho, autor de dois tentos no fim. "Tive a felicidade de marcar belos gols, agora temos que nos preparar para se afastar de vez da zona de rebaixamento", explicou.

Com a derrota, a Portuguesa amarga uma desvantagem de oito pontos em relação ao Bahia, último integrante do G-4. Os paulistas ainda têm um jogo a mais. Já o Icasa sobe para 36 pontos e permanece em zona intermediária.

Na próxima rodada da Série B, a Portuguesa entra em campo no sábado, às 16 horas, para enfrentar o Guaratinguetá, no estádio do Canindé. No mesmo dia, porém um pouco mais tarde (às 21 horas), o Icasa joga contra o América-MG, outra vez no Romeirão.

O Jogo

Apoiado pela torcida, o Icasa começou a partida preocupado em imprimir uma pressão. Em dez minutos, os cearenses criaram duas oportunidades. Na melhor delas, o goleiro Weverton foi decisivo para salvar o arremate de Sérgio.

Acuada, a Portuguesa conseguia assustar nas bolas paradas. Aos 21 minutos, Domingos aproveitou cruzamento e ganhou a disputa pelo alto. Contudo, a cabeçada do defensor foi fora do alvo. O lance animou os paulistas, que criaram, em seguida, uma chance com Luís Ricardo. O goleiro Marcelo Pitol salvou.

A partir daí, o equilíbrio foi a tônica em campo. Cada time criou uma chance de gol, mas a pontaria estava desajustada no primeiro tempo.

Nos instantes iniciais da etapa complementar, o jogo voltou a ficar ritmo acelerado. Aos quatro minutos, o Icasa carimbou a trave da Portuguesa em uma conclusão de Marciano. O time respondeu com uma bomba de Marco Antônio por cima da meta de Marcelo Pitol.

A melhor chance da Portuguesa para abrir o marcador foi criada aos 17 minutos. Fabinho tocou por cima de Marcelo Pitol e já saía para a comemoração, porém Tiago, em cima da linha, salvou o gol.

Sem sucesso no ataque, a Portuguesa viu o cochilo da sua retaguarda. O polêmico André Neles apareceu livre na área e marcou um gol de barriga. Na comemoração, o atacante desceu as escadas de forma inexplicável.

No fim, a partida ficou eletrizante. A Portuguesa empatou aos 40 minutos, através de Zé Carlos, e teve a chance da virada, com Luís Ricardo, que perdeu um gol incrível na frente de Marcelo Pitol. No contra-ataque, vieram os castigos: Assisinho fez dois gols e assegurou a vitória do Icasa.

Ao fim da partida, o técnico Osvaldo Alvarez estava claramente abatido pelo resultado negativo. "A Portuguesa teve o jogo na mão. Venceu quem aproveitou as chances", lastimou o treinador.

FICHA TÉCNICA - ICASA 3 X 1 PORTUGUESA

Local:
Estádio Mauro Sampaio (Romeirão), em Juazeiro do Norte (CE)
Data: 12 de outubro de 2010, terça-feira
Horário: 16h10
Árbitro: Paulo Jr Brandão Figueira (RN)
Assistentes: Ubiratan Bruno Viana (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)
Cartões amarelos: Sérgio e Michel (Icasa); Malaquias e Domingos (Portuguesa)
Gols:
ICASA: André Neles, aos 23, Assisinho, aos 44 e 46 minutos do segundo tempo.
PORTUGUESA: Zé Carlos, aos 40 minutos do segundo tempo.

ICASA: Marcelo Pitol; Everaldo, Tiago e Luiz Gustavo; Sérgio (Marcos Vinícius), Guto, Júnior Xuxa, Panda (Michel) e Carlinhos; Marciano (André Neles) e Assisinho.
Técnico: Flávio Araújo

PORTUGUESA: Weverton; Paulo Sérgio, Domingos, Preto Costa e Fabrício; Ademir Sopa, Glauber (Guigov), Marco Antônio e Luís Ricardo; Fabinho (Zé Carlos) e Malaquias (Ewerthon).
Técnico: Oswaldo Alvarez


Leia mais sobre: Portuguesa Icasa Série B Bahia

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura

Portuguesa enfrentou o Icasa pela Série B

Mais um tropeço
Portuguesa voltou a perder, desta vez para o Icasa, e volta para a Série A está complicada

Topo
Contador de notícias